Dia cinzento

Tenho andado a fazer um pequeno redesign para um cliente. É um trabalho simples em teoria mas na realidade demora uma eternidade porque o site é composto por templates partidos em bocados, que só é possível ver se ficaram bem depois de colocar online, o que implica alterar, colocar online, fazer preview, mudar mais um bocadinho e repetir tudo de novo – isto umas duzentas vezes.

A meio do dia tive um ataque de pânico porque o cliente fez publish do site e ficou tudo trocado mas resolveu-se depressa.
Resolvi então esperar até ao final do dia para evitar confusões e basicamente só acabei quase às onze da noite e o meu ombro esquerdo estava uma desgraça.

Hoje continuei mas a segunda parte é ligeiramente mais simples. Mesmo assim ainda falta fazer as traduções para as outras duas linguas por isso ainda não deve ficar pronto hoje.

Entretanto estive também a fazer o redesign do meu site de forma a usar finalmente um backend. Ainda faltam muitos pormenores, como transferir o domínio, transferir o site antigo para uma directoria e criar um link, etc, e estou à espera de ter um dia mais calmo para fazer isso.

Hoje está um dia cinzento e cheio de vento, em oposição ao calor infernal que esteve ontem. Já tinha saudades de dias assim. As estações do ano deviam mudar mais depressa para não fartar. Apetece-me abrir as janelas e deixar entrar os pingos de chuva que começaram a cair mas com cinco gatos isso não é possível. Tudo tem desvantagens.

Como tenho andado ocupada com trabalho de design ainda não tive tempo de acabar o porco e preciso de decidir como faço a cauda.

Deixe uma resposta