Dobradiças

Hoje é o dia em que as dobradiças começam a ranger.

Dois dias por ano, um no verão e um no inverno, as dobradiças das portas todas cá de casa começam a ranger ao mesmo tempo. É um fenómeno curioso e que não deixa de me surpreender. Como é possível começar nas portas todas no mesmo dia? Será que combinam durante a noite?

A verdade é que hoje de manhã levantei-me para ir à casa de banho e apanhei com um concerto desconcertante. Estava a tentar sair do quarto silenciosamente para não acordar o Pedro e fui cobardemente traída. A porta do quarto gemia ao fechar enquanto a da casa de banho rosnava ao abrir. É que não é um ligeiro ‘creek’, é um ruído choroso que  parece nunca mais acabar.

Malditas portas.

4 Comment

  1. =/ aqui são as luzes…das escadas…e depois uma pessoa que vê o sobrenatural desde o principio onde acontece exactamente o mesmo com as luzes…quer dizer..eu sou menor, ainda tenho direito a ter medo não? :s…mas isso das dobradiças…ainda é mais esquisito!

  2. (ps. se quiseres q eu assine com o meu nome pra n haver confusões das outras pessoas que lêm diz! 🙂 eu não me importo nada! e se não quiseres escrever aqui manda mail)

  3. Como vês, resolvi o problema 🙂

  4. Deve ter a ver ou com a metereologia ou então com a pressão atmosférica. Na casa do meu avô passava-se um fenomeno semelhante com a porta da cozinha. Quanto a porta raspava no chão era sinal de bom tempo, quando ela não raspava era chuva. A verdade é que o raio da porta acabou por comer grande parte do marmore da soleira sem nunca se romper a ela propria!! E o meu avô habitou-se a ter aquela avançadissima estação metereologica.

Deixe uma resposta