Novamente constipada

O fim de semana foi um bocado cheio de tarefas algo desagradáveis e terminou com uma bruta constipação.

A Nikita, uma das gatas mais novas, começou com o primeiro cio. Apesar do House não parecer muito interessado e ainda não se aguentar muito bem nas patas de trás, resolvemos esterilizá-lo. Sempre é mais rápido do que operar as duas gatas e não tem um tempo de recuperação tão longo.

Fomos por isso ao vet no sábado, com o gato em jejum. Ficou lá uma hora enquanto demos umas voltas para passar o tempo e depois fomos buscá-lo, já acordado da anestesia. Passou o resto do dia debaixo da mesa da sala a olhar para nós com um ar muito desconfiado. Pobre bicho.

No domingo levantei-me cedo com a intenção de terminar umas prendas que têm de ser feitas no computador. Mas quando liguei a máquina o disco estava aparentemente avariado. Lá acabou por ligar, o que quer dizer que ainda não morreu completamente, mas para não arriscar tive de começar a copiar as coisas verdadeiramente importantes para o disco externo como backup. Demorou praticamente o dia inteiro.

Fomos almoçar fora e eu vesti uma camada de roupa a menos. Apanhei montes de frio e foi o suficiente para agora passar uma semana a pagar por isso.

Depois do almoço a Marta e o Filipe fizeram-nos uma visita para o Pedro arranjar não sei bem o quê no portátil. Entretanto eu continuei a fazer backup dos meus ficheiros e estive a fazer mais uma vaquinha para uma encomenda, que ficou pronta à noite.

Voltámos a sair para ir comprar um disco novo. O estacionamento no fórum estava uma dor de cabeça. Aproveitámos também para acabar as compras de Natal – há sempre alguém complicado que fica para o fim.

O Pedro passou o resto da noite a formatar o disco e a instalar os programas básicos que preciso para trabalhar.

Ontem é que estive a descobrir o que é que ainda não funciona – não tenho som, não consigo fazer pdfs dos orçamentos, as drivers da impressora não estavam instaladas o que quer dizer que não consigo imprimir facturas. Enfim.

Ainda por cima passei montes de tempo ao telefone com diversas pessoas – há dias em que toda a gente se lembra de ligar ao mesmo tempo – o que quer dizer que só de tarde é que consegui finalmente aquilo que queria começar no domingo.

Esta noite dormi muito mal por causa da constipação. Já passo os dias sem conseguir respirar, graças à gravidez, não precisava de ajuda.

A pior parte é que os gatos também estão todos a ficar doentes. A Scully foi a primeira e, apesar de lhe estarmos a dar antibiótico, não parece estar a melhorar. E entretanto os outros começam todos a dar sinais do mesmo, incluindo as pequeninas que estão vacinadas e não deviam ter estes problemas.

Deixar uma resposta