A primeira constipação do Tiago

Pois é, tenho um bebé constipado. Não é grave mas é um bocado incómodo, tanto para ele que está constantemente irritado, como para mim que tenho de o aturar 🙂

Maldito tempo. É suposto estarmos em Agosto, mês do calor extremo por excelência e está uma ventania fenomenal uns dias e depois um calor infernal noutros. Não admira que a criança fique doente.

E até é mais ou menos a altura para isso – a partir dos 6 meses é normal os bebés começarem com estas coisas porque perdem as defesas que tinham herdado da mãe. Mas tinha esperança de ter mais um mês de calma pela frente. O raio do miúdo quer ser precoce em tudo: na raivinha de dentes, nas constipações…

Estou então desde segunda feira em casa com um bebé que chora inconsolável com intervalos pequenos demais para a minha sanidade mental. É que por mais que uma pessoa esteja habituada a manter a calma em relação ao choro, ao fim de umas horas aquilo começa a derreter-nos os miolos. É um daqueles sons perfeitamente calibrados para despertar o nosso instinto protector e libertar adrenalina. Ao segundo dia já só me apetecia saltar pela janela. Por essa altura cometi o erro de telefonar ao Pedro só para desabafar um bocado, mas ele levou aquilo tão a sério que veio para casa. Senti-me tão mal que agora não lhe telefono tão cedo.

Hoje, quinta feira, já parece estar marginalmente melhor. Continua a tossir mas acho que o nariz já não está a pingar tanto e só teve duas ou três crises de choro. A pior nem sequer foi por causa de dores. Foi porque acordou com barulho passada meia hora de o ter metido na cama. Como não se calava nem voltava a adormecer, saí com ele e depois estive a entretê-lo durante mais uma hora até ele parecer estar com sono novamente.

O problema é que, como ele se sente mal, não consegue dormir convenientemente e acaba por andar ainda mais irritado. E, claro, eu também não ando a dormir tão bem porque ele passou a acordar a meio da noite outra vez.

Mas pronto, há sempre estas fases mais complicadas e também não é só coisas más. Hoje consegui finalmente filmar o Tiago a rir-se. Não a sorrir mas a dar verdadeiras gargalhadas. Ainda é uma coisa rara, especialmente comigo que não tenho tanto jeito para as caretas como o Pedro, mas acho que descobri algo que funciona – dentadinhas na barriga seguidas de beijinhos nas bochechas 🙂

O que é preciso é manter o bebé feliz o máximo de tempo possivel porque a alternativa deita a casa abaixo.

2 Comment

  1. Olá,
    eu sei que os conselhos dos outros são muito bons… para os outros.
    Mas neste caso da constipação há um “truque” que costuma dar algum resultado. Já lhe levantaste a cabeceira da cama? Seja com listas telefónicas debaixo dos pés da cama ou com uma almofada debaixo do colchão. Ele fica reclinado em vez de deitado e ajuda a que o nariz não entupa tão facilmente e o deixe dormir melhor.
    Desculpa estar-me a meter mas, como todos os outros, não consegui resistir.
    As melhoras do Tiago e beijinhos.

  2. Levantar a cebeceira da cama não iria resultar porque o Tiago mexe-se muito durante a noite. Vou dar com ele virado ao contrário e na ponta oposta da cama quase todos os dias. É por isso que tembém não o tapo porque tenho receio que ele fique todo embrulhado no lençol. Ainda bem que estamos no verão. Daqui a uns meses, quando ficar frio, não sei como vai ser.

Deixe uma resposta