Passeio

Estava completamente farta de estar em casa por isso agarrei no Tiago e fomos até ao jardim. Sentei-me na relva, à sombra de uma árvore, com o Tiago à minha frente e ele entreteve-se a brincar com a relva até se fartar e achar que a asa da minha mala era muito mais interessante. Ao fim de uns 20 minutos fartou-se e começou a dar uns gritinhos que é a indicação de que chegou a hora de ir para casa. Como costuma acontecer durante estes passeios, adormeceu a caminho de casa. Só gosta de dormir em andamento, este gajo. Na sesta do meio dia fez uma fita desgraçada com aqueles gritos agudos de furar os tímpanos e não adormecia nem por nada apesar de estar cheio de sono. Aliás, quanto mais sono mais grita.

Quando chegámos a casa, às três e meia era hora da sesta mas como já tinha dormido 10 minutos pelo caminho o Tiago estava completamente acordado. Deitei-o na cama com os seus brinquedos e aproveitei para fazer umas coisas no portátil enquanto ia conversando com ele. Por volta das quatro começou a fazer birra mas não consegui adormece-lo antes das cinco e meia.

Já consegui tirar-lhe uma foto dos dentinhos e falta-me só um bocadinho de paciencia para a colocar online. Entretanto o novo avanço do Tiago é que começou a rastejar para trás. Apoia-se nas mãos com os braços esticados e tenta gatinhar mas ainda não se consegue apoiar nos joelhos por isso recua em vez de avançar. Mas pelo menos já se mexe 🙂

Deixe uma resposta