Mais sobre o futuro

Foi-me sugerido tanto pelo Pedro como pelo meu pai que, uma vez que estou um bocado farta de trabalhar como designer, que tentasse trabalhar como tradutora de inglês. Na verdade é um trabalho que me agradaria mas como o meu conhecimento da lingua não vem com canudo sempre tive muitas dúvidas sobre as possibilidades de sucesso de entrar para essa profissão. Penso que o mercado deve estar inundado de pessoas à procura de trabalho, a concorrencia deve ser feroz, os preços por página ridiculos e os prazos impossíveis. E no entanto, apesar de tudo isso, a ideia atrai-me. Por um lado permitia-me continuar a trabalhar em casa e por outro fazer algo que sei que consigo fazer e que, tirando a já mencionada questão dos prazos, me causaria muito menos stress do que o trabalho de webdesigner.

Como webdesigner o que gosto de fazer é agarrar na maquete e construir o html e a CSS. É fazer o puzzle. É lixado e demora uma eternidade por tudo a funcionar nos vérios browsers mas são problemas técnicos que requerem soluções criativas e isso acaba por ser interessante.

Devem pensar que fazer a maquete seria logicamente a parte mais divertida para um designer, mas não é. É que uma pessoa faz uma maquete dando o seu melhor e depois entrega-a, bonita e limpinha a um cliente que a mastiga e amarrota e a cospe de volta com a nota ‘não gosto de verde e o menu devia ser mais assim e esta caixa devia passar para ali e o link contactos (que por sinal estava muito bem arrumadinho com o espaço mesmo a calhar) passa a contacte-nos para obter mais informações sobre os nossos serviços’ que obviamente não cabe no mesmo espaço. Acima de tudo é triste.

Por isso, se há por aí tradutores com vontade de dar umas dicas, agradeço.

2 Comment

  1. mas olha, podes sempre fazer o proficiency, mesmo que não estejas a frequentar nenhum british council, candidatas-te por conta própria ao exame e ficas com o canudo 🙂
    tens época de exames em junho, informa-te.

  2. olá! não sei se te lembras de mim…tenho acompanhado o teu blog com alguma frequencia e ate te deixei uma mensagem na tua galeria mas sem efeito com um link para veres o meu filhote também!
    Queria dar-te os parabéns e ao Pedro pelo vosso filho e pela coragem com que levantaste a tua moral pelo sucedido no passado.
    Queria-te dizer que a minha cunhada trabalha em traduções e que caso estejas interessada posso falar com ela e dar-te o seu contacto. Caso queiras por a conversa em dia também podes-me contactar via messenger fatimaeleusis@hotmail.com!
    muitos beijinhos da Fatima e do Dudu

Deixe uma resposta