A primeira dentada

Fui buscar o Tiago à creche como de costume. Peguei nele ao colo e comecei a reunir as coisas para sair quando uma das auxiliares, que estava a mudar uma fralda, chamou a educadora dizendo ‘está aqui a mãe do Tiago. A educadora começou a andar na minha direcção e o meu primeiro pensamento foi logo ‘ai, o que é que ele fez?….’ Ele até é um miúdo bem comportado mas nunca se sabe.

Primeira dentadaAfinal não tinha feito nada. Pelo contrário, foi vítima de uma dentada à traição no braço direito porque se recusou a entregar o seu ursinho.

É que enquanto os outros miúdos têm chuchas ou fraldas como objectos de transição o Tiago tem o seu urso que, sendo um boneco, chama a atenção dos outros miúdos e levando a algumas situações de confronto. Não lhe posso tirar o urso por isso a única solução é ele aprender a defender-se.

Com que idade é que ele poderá ir para o Kung-fu?

Enfim, estas coisas fazem parte do crescimento e sinceramente, se tivesse sido ele a morder num dos outros eu ficava muito mais preocupada. Ele está bem, nem se queixa, por isso não há crise.

E pelo menos sei que defende o que é seu, algo que é muito importante.

De resto esteve bem. Hoje levaram um teclado para a sala e o Tiago foi o primeiro miúdo a ir lá mexer enquanto os outros ainda estavam a olhar desconfiados. É a vantagem de ter instrumentos musicais em casa.

2 Comment

  1. Coitadinho!!!! São coisas que passamos como mãe, mas muitas vezes é o contrário, no primeiro dia de aula da minha filha ela lascou uma dentada num guri e voltou com os óculos quebrados ao meio… tudo sem traumas… rs 🙂

  2. Tasmbém já houve uns episódios semelhantes cá em casa…tanto de receber dentadas como de dá-las. Há-que de estares atenta pois os dentes são portadores de muias bactérias e pode causar inflamações e infecções caso perfurem a pele.
    Olha, enviei-te um mail com uma perguntinha, tá?
    Bjs

Deixe uma resposta