Tiago, 21 meses

Pois é, já falta pouco para os dois anos. E às vezes ainda acho estranho o facto de viver uma criança cá em casa e mais estranho ainda que seja meu filho 🙂

Mas devo admitir que apesar de todo o trabalho que dá cuidar de uma criança, é de facto muito bom. Naqueles dias em que corre tudo mal o Tiago é a razão que me impede de perder completamente a cabeça e saltar janela fora.

As birras não têm sido muito más e ocorrem principalmente ao pequeno almoço porque anda a dormir mal e precisava era de mais uma horinha na cama.

As preferencias alimentares do momento são o iogurte líquido e queijo por isso quando ele não quer comer a papa do pequeno almoço – geralmente porque está cheio de fome e prefere protestar a comer – dou-lhe um iogurte e ele depois já come o resto sem grandes problemas.

Ao almoço e jantar comecei a dar-lhe tudo ao mesmo tempo em vez de um prato de cada vez. Geralmente começa pela fruta e eu vou-lhe dando colheradas alternadas de sopa, que ele deixa e até fica à espera de boca aberta se eu me atraso, e só depois é que come a carne. O peixe é que passou definitivamente para a lista dos alimentos ‘maus’. Ele comia muito bem o peixe e agora nem em forma de douradinhos (que tentámos para ver se pegava). Pode ser que seja uma fase. Se não for vamos ter de nos tornar criativos.

Mas ao contrário do que possa parecer pelo parágrafo anterior, não me preocupo muito com o que ele come. Ele já come sozinho por isso decide o que quer e quanto quer, cada vez com menos interferencia da minha parte. A preocupação maior neste momento é porque ele está a recuperar de uma constipação e como não come quase nada quando está doente, perdeu peso e tem as calças a cair. Uma coisa é eles não aumentarem muito e outra coisa é perderem mesmo peso. Numa fase de crescimento de uma criança que já é magra é algo que precisa de ser vigiado. E como não o vou encharcar de bolos e bolachas só para o engordar, tenho de ir mudando de estratégia para ele comer os alimentos que de facto deve comer.

Em termos de brincadeira, continua a preferir as brincadeiras mais destrutivas como deitar coisas ao chão, sempre com um sorrizinho sacana de gozo. É irresistível 🙂

Continua a frustrar-se facilmente quando não consegue fazer algo à primeira, como encaixar as peças dos puzzles. Gosta imenso de brincas com aquilo mas só se encaixar logo tudo 🙂

Mas o que continua a ocupar-lhe grande parte do tempo de brincadeira é o Lego. Eu contruo e ele separa as peças todas e coloca-as na caixa ou num camião de caixa aberta. Depois vira o camião, deita as peças todas ao chão e começa de novo. O que acho piada é que ele é muito metódico. Tem de separar as peças todas uma a uma. Se há alguma que não consegue separar dá-me a peça, eu separo e devolvo as duas, que ele coloca na caixa uma a uma.

E agora tem um novo puzzle de maneira com animais que fazem som quando se encaixa a peça no sítio e adora aquilo. Esforça-se muito mais por encaixar a peça porque sabe que faz som. Com o outro desiste mais depressa.

Continua muito interessado nas letras e números e está sempre a apontar para palavras letra a letra para nós dizermos como se chamam. E para além de apontar para os objectos nos livros também já aponta mais para objectos reais para n´so identificarmos e faz a relação entre as ilustrações dos livros e os brinquedos dele, os gatos, etc.

Continua sem dizer nada que se perceba mas anda mais falador e a testar novas silabas. Tem arranjado outras formas de comunicar, como apontando para os livros e por gestos. Já diz olá e adeus com as mãos regularmente e até cumprimenta os desenhos animados na televisão. Também já dá beijinhos na mãe como forma de cumprimentar e na cara dos papás babados se pedirmos e nos colocarmos a jeito. Ficamos todos derretidos, claro 🙂

E adoro as poses no sofá – todo deitado para trás com as pernar cruzadas ou com uma perna por cima do braço do seu mini-sofá. E nem sequer são poses que nos veja fazer, acho eu. Ando sempre a tentar fotografar mas assim que agarro na máquina ele muda de posição.

Enfim, espero que continue a crescer como até aqui e que continue saudável e cheio de energia, mesmo quando eu não tenho energia para o acompanhar 🙂

1 Comment

Deixe uma resposta