Man down

No domingo à tarde, depois de voltarmos de casa do Paco, estava na cozinha a tratar do lanche quando o Pedro me chama com um tom muito urgente. Fui dar com ele deitado no chão da sala sem se conseguir mexer. Estava a brincar com o Tiago e deu cabo das costas, sem saber bem como.

Fiz-lhe uma massagem, levei-lhe spidifen e depois ajudei-o a levantar-se mas esteve cheio de dores o resto do dia.

Na segunda feira ficou em casa a trabalhar para poder ir à festa do Tiago ao fim do dia e parecia estar melhor mas quando nos preparávamos para vir embora da creche voltou a ter dores e teve de ficar encostado à parede um bocado até arranjar coragem para se mexer e foi um tormento conseguir andar o caminho até a casa.

Hoje estava convencido que já ia trabalhar mas quando se levantou da cama mal se conseguia mexer. Tenho andado a fazer-lhe massagem com anti-inflamatório para além dos comprimidos que anda a tomar mas a recuperação está a custar.

Primeiro é a casa que se começa a desfazer e agora o gajo. Isto anda mesmo mal…

Deixar uma resposta