Semana comprida

Com dois workshops, dois aniversários e muita correria, esta foi uma semana muito ocupada.

Na segunda feira tive um workshop logo de manhã, o que implicou largar o Tiago na escola e correr a casa para ir buscar o saco de forma a estar na loja a horas. Como sempre quando estamos com pressa, acontece qualquer coisa inesperada. Neste caso tinha a vizinha do 6º à minha espera a pedir o telefone do Sr. Carlos porque a tinta estava a estalar. Eu compreendo que a senhora não tem culpa de nada disto e que o problema da minha casa lhe estragou a casa de banho, mas entretanto teve uma nova inundação causada pelo 7º e eu é que continuo a tratar de tudo sem a velha assumir qualquer espécie de responsabilidade. Chega a uma altura em que começo a sentir que já chega!

Depois de tentar despachar a conversa o mais rapidamente que pude, lá fui a correr com o saco ultrapesado na mão. Felizmente cheguei a horas e correu tudo bem.

À noite foi o aniversário do avô do Pedro e fomos lá fazer uma vizita rápida para cantar os parabéns antes de voltar para meter o Tiago na cama. O miúdo é completamente viciado em açucar e despachou fatia e meia de bolo.

Na terça fiz umas actualizações à loja e ao Flickr e a terminar umas peças que estavam a meio há imenso tempo. Estive a soldar argolas e a polir as novas peças de prata.

Na quarta ia ao cabeleireiro mas a senhora disse que não se sentia bem e ficou antes combinado para sexta. Voltei para casa e estive a terminar as actualizações da loja. À noite fomos novamente a casa dos avós do Pedro para mais uma festa de aniversário relampago, desta vez da avó. O Tiago estava super eléctrico e ia partindo a tampa de um jarrão num dos seus momentos de testar os limites.

Ontem tive outro workshop que terminou mesmo à hora de ir buscar o Tiago. Fui a correr e depois ainda voltei à loja para ir buscar o saco e acertar contas.

Esta manhã fui novamente ao cabeleireiro. Ia tratar das raizes e voltar a pintar de vermelho mas a cabeleireira achou que, como o vermelho não dura mais do que umas lavagens, que ia antes por acaju. Eu odeio acaju. Se é para ter uma cor escura, mais vale ficar pelo vermelho, e certamente que não preciso de fazer descoloração para uma cor que é apenas um ou dois tons mais clara do que o meu cabelo!
Não consigo perceber porquê mas safo-me sempre mal nos cabeleireiros. É assim tão complicado fazerem aquilo que uma pessoa pede? Agora já não sei se tenho vontade de lá voltar.
Enfim, pode ser que isto saia com as lavagens e que ainda dê para salvar…

Quando cheguei a casa tinha umas fotos para tratar e mais uns produtos para por na loja. Agora acho que vou aproveitar o sol para fotografar mais umas peças antes de ir buscar o Tiago. É preciso aproveitar todos os minutos.

1 Comment

  1. Muito interessante o blog. Também criei um blog a respeito da gravidez de minha esposa, onde conto o dia-a-dia de uma grávida de primeira viagem e ainda dou dicas de produtos, locais para ir e muito mais. Se puder visite! http://www.bebeavista.blogspot.com

Deixe uma resposta