Manhã no jardim

Como estava uma manhã de sol resolvi levar o Tiago até ao jardim. Já não o levava lá há bastante tempo e a diferença é enorme. Para começar, fomos de metro. O Tiago adora o metro e diz olá a todos os que passam. Como ainda não tinha experimentado, fui tirar bilhete para os dois (os bebés também pagam bilhete? Tive de partir do principio que sim porque não vi em lado nenhum nada em contrário) para andar duas estações, mas sempre apanhámos menos frio do que indo a pé.

Quando saímos do metro foi preciso voltar um bocado para trás, graças à brilhante ideia de não fazer estações dentro da ‘zona pedonal’, mas tudo bem. O Tiago divertiu-se imenso no jardim, onde se fartou de correr, fazer festas às árvores e andar de escorrega durante hora e meia. Depois ainda foi ver a fonte, fascinado com a água e finalmente voltámos para casa. Desta vez viemos a pé porque não me apetecia subir a rua até à paragem. Viemos pelas avenidas fora a apanhar solinho.

Depois daquele exercicio todo o Tiago estava cheio de fome e hoje comeu tudo sem problemas. Como os ursinhos dele estavam na máquina de secar ainda o aguentei até às 2 antes de o deitar e já correu melhor que ontem. O que é preciso é cansá-lo até ao limite 🙂

4 Comment

  1. Olá,venho cá sempre mas só hoje resolvi dar um olá para dizer que até aos 4 anos as crianças não pagam transporte nenhum:)sempre se poupa um bocadinho!

  2. em setembro sou capaz de ter de mudar a minha filha de creche , o teu anda onde ? é naquela ao pé do SAP ?

  3. Por uma questão de segurança não divulgo qual a creche onde tenho o meu filho. Para alguém determinado não é dificil descobrir quem eu sou e onde vivo mas no que diz respeito aos nossos filhotes não vale a pena facilitar demasiado.
    No entanto, escrevi há algum tempo um post sobre algumas das creches que andei a visitar em Almada e o que achei sobre elas, que pode ajudar a decidir:
    http://www.dee-dee.net/?p=499

  4. compreendo perfeitamente, obrigado pelo link

Deixar uma resposta