Manhã no parque

Conseguimos finalmente ir passear com o Tiago. Há semanas que ou está mau tempo ou estamos doentes e não tem dado para passear. Mas hoje estava solinho e era uma oportunidade a não perder.
Fomos até ao parque e levámos o triciclo do Tiago que o Pedro andou a empurrar, algumas vezes a correr, fazendo com que o exercício seja só para nós já que a criança vai sentadinha. Mas como ele tem andado um bocado em baixo, também não se podia pedir muito.
Depois de uma grande volta, o Tiago lá se fartou de estar sentado. Bebeu água e andou um bocadinho e depois pediu colo e tive de andar com ele o resto do tempo.
Ainda parámos para ver os patinhos e o Tiago insistiu em ir mesmo até ao lago, ficando com os sapatos enterrados na lama. Tirá-lo de lá deu origem a uma birra e lá teve de vir ao colo e às cavalitas do pai o resto do caminho até ao carro.
Comeu um bocadinho de sopa e dormiu uma sesta bastante longa. Como também andamos exaustos aproveitámos e fomos deitar-nos mas acabei por não conseguiur dormir muito e o Pedro acordou com uma bruta dor de cabeça. Parece que tentar descansar durante o dia só faz pior.
Depois tivemos que deixar o Tiago com os avós para ir às compras. Ele costuma gostar de lá ficar mas hoje fez uma birra igual às que faz quando o deixo na creche. Mas ir com ele é sempre complicado, especialmente num dia em que ele pode vomitar a qualquer momento.
Fomos comprar prendas de aniversário para o Tiago e o meu irmão, que fazem ambos anos para a semana, comida e umas decorações para a festa de aniversário, bem como ingredientes para fazer o bolo que tenho de levar para a escola já que faz parte do ritual dos aniversários por lá.
O Pedro foi buscar o Tiago a casa dos pais, já ele tinha jantado e estava desejoso de voltar para casa. Passou o tempo todo no colo até ir para a cama.
Hoje ainda não vomitou. Espero que não aconteça outra vez durante a noite…

Deixar uma resposta