É só fita

Esta noite o Tiago dormiu finalmente sem interrupções. É claro que fez uma birra monumental ontem à noite quando foi para a cama (depois de ter estado ao colo do pai meia hora, sempre cheio de sono mas a fazer um esforço enorme por manter os olhos abertos, como é hábito), mas depois adormeceu e ficou. Se andar tão cansado como nós, não é de espantar.
Esta manhã começou a chorar (sempre sem lágrimas) assim que percebeu que iamos a caminho da escola. Quando lá chegámos não queria tirar o casaco, sempre numa de colaborar o mínimo possível, em sinal de protesto. Só que os meninos preparavam-se para pintar e quando a educadora lhe começou a mostrar o pincel e as tintas o Tiago começou a ficar interessado e a berraria acabou. Foi para o colo da educadora escolher mais cores de tintas do armário e quando me despedi ele disse-me adeus com a mão, mandou-me um beijinho e virou-me as costas, ou seja, ficou sem qualquer problema.
Eu já sabia que ele gostava dos trabalhos manuais (aliás, tem a quem sair – estranho seria o oposto) mas agora fiquei a saber que têm mais interesse que a mãezinha 🙂

2 Comment

  1. Boa Noite!

    Desculpa a invasão.

    Descobri este cantinho por acaso, mesmo por acaso, estava a fazer uma pesquisa qualquer no google e vim aqui ter.
    De à dois dias para cá tem sido um “vicio”, já li o blog todo.
    Tenho gostado bastante dos teus trabalhos, adoro o “Sapo Bruce” e a bijutaria em prata.
    Tenho-me identificado com muitas das situações que aqui tenho lido, também tenho um pestinha que fez hoje 26 meses, e trabalhei em Almada e tenho casa na Cova da Piedade. Bem, já deves estar a pensar “mas o que é quee eu tenho a ver com isso, de onde é que apareceu esta maluca”…
    Desculpa lá o testamento.
    Espero que o Tiago dê uma noitinha sossegada-

    Bem haja!

    *kisses, sempre lusitanos*

  2. Bem vinda 🙂
    Acho que a piada dos blogs é exactamente o facto de nos identificarmos com experiencias dos outros. No fundo somos todos pessoas e por mais diferenças de personalidade e temperamento que haja, algumas emoções e situações são identicas e são estas coisas que nos fazem sentir incluidos.
    Beijinhos.

Deixe uma resposta