O primeiro antibiótico

O Tiago está com febre desde sexta feira e hoje confirmou-se que tem uma infecção na garganta. Também deve ter um virus mas como não há mais sintomas não há grande forma de saber.
Temos então de lhe dar antibiótico pela primeira vez. A primeira dose não correu muito bem. Ele recusou-se a comer, estava com a febre a subir por isso tentámos dar-lhe o xarope que também não quis e finalmente o antibiótico teve de ser à força. Ele faz uma birra desgraçada, grita que se farta, mas ao mesmo tempo não tira os olhos da televisão por isso não me convence que seja uma tortura assim tão grande. Mesmo assim conseguiu manter a gritaria por um tempo record.
Eu não gosto nada de torturar a criança mas a verdade é que, quer ele goste ou não, se não toma os medicamentos não melhora. Por esta altura seria de esperar que já fosse possível explicar-lhe isso, mas pelos vistos não. E como o gajo é teimoso, chega a um certo ponto em que não quer nada só por embirração.
Como é que o resto do mundo consegue dar medicamentos aos miúdos quando eles não querem?

7 Comment

  1. Eu desligava-lhe a televisão para castigo, não resulta?

  2. Pois, não consegue!!

    Já passei pelo mesmo! Vais ver que mais uma toma e depois fica facil, facil!

    Não se entende!

  3. lol
    tive o mesmo problema com o Gonçalo.
    1º Eles não podem ver as caixas ou frascos dos medicamentos
    2º Também não podem ver a colherzinha dos frascos de xarope.. tem de se dar em um colher deles
    3º Diluir o medicamento em água e dar dentro de um copo diferente ( com o meu resulta dentro de uma chávena de café)
    4º se as anteriores não funcionarem, usar o método da seringa! Encher 1 seringa com o medicamento, prender a criança (são precisos 2 ou 3 adultos) e enfiar o medicamento pela goela abaixo… e mesmo assim cospem metade, é preciso fechar-lhes a boca.

    Da 1ª vez não usei seringa e tentei todos os copos diferentes k tenho em casa, incluindo copos dos brinquedos..e não consegui
    Depois lá me falaram da seringa e era roupa atrás de roupa k ele cuspia tudo

    Agora, não lhe mostro as caixas, nem digo k é remédio.. desfaço os comprimidos em água na chávena de café e chego ao pé dele e digo k é 1 cházinho.. e ele acha giro e bebe tudo.

    Com o xarope ponho num das colheres de comer o iogurte e digo k é para lamber.. e ele tb acha giro

    Mas ás vezes nada disto funciona

    Também é muito teimoso e não fala muito, portanto tb não conseguimos perceber muitas das birras, o pior é k me disseram k esta fase das birras vai dos 2 aos 4 anos.. espero que não seja verdade!!!

    Espero ter ajudado.
    Bjinhos e as melhoras

  4. À força. Com truques, enganos e manhas…
    De qualquer maneira, desde que eles tomem, pelo menos comigo.

  5. O antibiótico tem mesmo de ser com a seringa: deitá-lo para trás e ir deitando na boca aos bocadinhos para não cuspir. A primeira vez foi complicado porque ele já estava furioso mas a segunda já não correu tão mal. O problema é ser muita coisa ao mesmo tempo.

    O benuron em xarope vai bem porque ele gosta do sabor e abre logo a boca quando vê o frasco mas outras coisas já não quer. E pelo cheiro resonhece as coisas que não gosta, mesmo misturado com bebidas, iogurte ou fruta e não consigo convence-lo a engolir aquilo a bem.

    Desligar a tv como castigo é prática comum quando se porta mal mas quando está doente às vezes é pior porque se ele estiver distraido com a tv deixa passar muito mais e por vezes até abre a boca antes de se aperceber o que fez 🙂

  6. oh, o meu miudo vibra quando vê uma colher de remédios.. cospe imediatamente a chucha.. cada um tem as suas esquisitices

Deixe uma resposta