Escorrega

Fui buscar o Tiago à escola. Voltou a fazer xixi no bacio mas desta vez metade foi fora e depois andou a pisar aquilo tudo (tipo estou na praia, estou na praia). Depois fomos ao parque infantil para o Tiago andar de escorrega. Fiquei espantada com a evolução desde a última vez. O Tiago já não precisa de qualquer espécie de ajuda a subir a escada e já percebeu que se sobe pela escada e se desce pelo escorrega, algo que anteriormente lhe escapava. Desta vez aproveitei para filmar porque ele já não precisa que eu esteja sempre lá a segurá-lo.

É claro que, apesar do parque estar deserto, assim que chegámos apareceu logo um miúdo mais velho (devia ter uns 7 ou 8 anos), daqueles que deve passar por ali as tardes sozinho, a tentar desesperadamente chamar a atenção passando o tempo todo a meter-se com o Tiago, a gritar-lhe ‘bu!’ a plenos pulmões, a saltar-lhe à frente.. O Tiago, depois de uma obvia desconfiança inicial, apercebeu-se que era brincadeira e até se estava a divertir com o companheiro. Só que o miúdo fazia sempre a mesma coisa, com gritos cada vez mais altos e o Tiago deixou de achar piada. Eu intervi, dizendo que já chegava de gritaria e o miúdo lá mudou ligeiramente de estratégia, passando para o ‘cucu’ e uma voz mais suave.

Só que como já não estava a chamar a atenção com os gritos começou com habilidades, descendo o escorrega deitado, head-first, saltando por cima ou rastejando por baixo das barreiras entre outros malabarismos que o Tiago começou imediatamente a tentar imitar. Eu estava a manter a minha distancia e a tentar não ser demasiado mãe-galinha mas aquilo começou seriamente a enervar-me.

O Tiago entretanto ficou com sede e foi à procura de água na minha mala. Como não tinha aproveitei para o convencer a ir embora. Ele concordou e começou a sair do parque mas ainda fez uma paragem nos cavalinhos de baloiço antes de conseguir efectivamente sair de lá.

Parei no café mais próximo para comprar uma garrafa de água que ele bebeu avidamente e depois fui deixá-lo a casa dos avós que já voltaram de viagem e devem estar cheios de saudades.

Deixe uma resposta