Rufia

Ontem à noite ficámos muito felizes porque o Tiago fez xixi na sanita cá em casa. Na escola já usou o bacio diversas vezes mas cá em casa recusa-se, mas achou piada ao redutor da sanita e lá foi ele. Hoje de manhã já não queria outra vez por isso vamos ver se não foi só pela novidade.

Quando o fui buscar à escola estava a ser repreendido. Parece que começou a bater nos bebés mais pequenos. Quando se aproximam ele começa a empurrá-los e a dar palmadas. Não gostei nada disso. Ainda por cima ontem veio a avaliação da professora de dança que diz que ele se isola e recusa a fazer actividades com os outros. Sei que ele ainda é novo mas acho que há aqui um traço de personalidade que vai ser difícil de contornar.

Por outro lado também já o vi a brincar com um dos colegas muito divertido, por isso não sei se é uma fase ou algo que mereça preocupação. Com os pais que tem é natural que exista ali uma tendencia para o anti-social e o loner mas custa-me ver isso tão cedo. Do que me lembro da infancia até era bastante sociável e só na adolescencia me tornei mais cínica e desconfiada. Se o Tiago começa logo assim não sei bem o que vai ser daqui a uns anos.

A educadora diz que gosta de meninos que se saibam defender, porque ao principio ele não reagia quando lhe andavam a morder. Mas isto é diferente: é procurar o mais fraco para descarregar. Não gosto de bullies e não gostava nada de ser responsável por criar mais um. Por outro lado tenho que admitir que prefiro que ele bata do que leve, mas ao menos que bata nos da idade dele.

Deixe uma resposta