Dia de férias

O Tiago voltou à escola por um dia para podermos ter pelo menos um dia de férias sem fraldas, almoços e birras. Ao fim de dois anos acho que já merecemos pelo menos um mísero dia.

Foi um bocado como voltar atrás no tempo – manhã na cama, almoçar fora, passear pelas lojas… Já nem me lembrava que estas coisas existiam sem ter de estar sempre em estado de alerta.

À hora do costume fomos buscar o Tiago e brincámos com ele no escorrega antes de voltar para casa. Mostrámos-lhe a prenda que lhe tinhamos comprado – isso é que mudou para sempre – agora é muito mais giro comprar coisas para o Tiago do que para nós – um comboio de madeira com pista para montar.

Ele gosta de carrinhos mas ultimamente anda mais interessado em comboios e não resistimos. Optámos pelo comboio em madeira em vez dos motorizados porque ele gosta mesmo é de o empurrar pelos carris, parar para levantar as cancelas, etc. Gosta do controlo. Se aquilo anda sozinho não tem piada nenhuma.

Eventualmente teve a birra diária obrigatória porque o comboio descarrilava a descer a rampa e acabou-se a brincadeira, mas no geral foi um óptimo dia.

Deixar uma resposta