Nova impressora

Há algum tempo que a nossa impressora epson andava a fazer asneira. Não puxava a folha mas punha-se a imprimir à mesma mas era só de vez em quando.

Porém esta manhã eu queria fazer uma coisa simples como imprimir uma factura e aquilo nada. Gastei folha atrás de folha mal impressas porque só entravam já a meio da impressão e fartei-me.

Fui a uma oja de informática que há aqui perto e comprei uma Samsung ML-1640, laser a preto. Eu queria uma impressora laser há anos, pela qualidade de impressão e rapidez e finalmente tenho uma.

Ainda fiquei a pensar se deveria comprar uma a cores mas desisti da ideia porque cada vez que precisasse de toner custava o mesmo que uma impressora nova. Para além disso, as únicas coisas que imprimo a cores são as etiquetas para a bijutaria e os autocolantes para os sacos e não vale o custo. É capaz de sair mais barato mandar fazer noutro lado.

Cheguei a casa com a impressora, meti o CD das drivers no computador, liguei a impressora e dois minutos depois tinha a minha factura impressa sem problemas.

E nem sequer foi cara, especialmente comparando com o que as impressoras laser custavam há uns anos. Era bom que fosse tudo assim tão fácil.

5 Comment

  1. a má noticia é que um toner novo custa tanto como a impressora… mas pode-se sempre reciclar. E afinal com as jacto de tinta acon

  2. Bruno Figueiredo says: Responder

    É verdade que uma Laser a cores tem uns consumíveis bastante caros. Mas já poupei imenso em gráficas só com a possibilidade de imprimir brochuras e outros materiais com altissima qualidade. E quando tenho de imprimir varias copias de relatorios de 100 paginas para clientes então… Numa jacto de tinta demoraria vários dias.

    Quanto à impressora não puxar, tratam-se de residuos nas borrachas. Arranja alcool isopropilico e com um cotonete poe nas borrachas todas de tracção, limpa com papel de cozinha e deixa secar. Vais ver que fica como nova.

  3. Na loja de informática sugeriram-me que seria um problema menor – ou isso das borrachas ou o sensor que está sujo, porque se o papel não entra não devia continuar a imprimir. Se não conseguir resolver eu levo lá a impressora para eles verem.

    Eu sei que o toner é caro mas com uma a preto pelo menos é só um. O que me andava a irritar na impressora a cores é que gasta montes de tinta com a limpeza das cabeças e mesmo que imprima só a preto as cores estão sempre a acabar – vão-se tinteiros inteiros sem nunca os usar e não imprime a preto se um dos tinteiros de cor estiver no fim. É um desperdício imenso.

  4. Bruno Figueiredo says: Responder

    Bom, isso das borrachas na minha HP 1220C (A3) deu certo. Ficou como nova. Nao te esqueças que numa laser tens de trocar o tambor a cada 20.000 copias tb. Numa laser a cores sao uns 150 E.

    Mesmo assim eu uma vez fiz uns calculos basicos. A impressora A4 laser a cores (sem contar com o custo de aquisicao) gasta 75E em cada toner a cores, 50 no preto e imprime 5000 paginas com esses consumiveis. Contando com 1/4 do tambor a 37,5 E, cada pagina fica a 6 centimos. O mesmo numa jacto de tinha, que imprime 500 paginas com 2 tinteiros dos grandes que custam 70 Euros fica a 14 centimos. É mais do dobro e a qualidade glossy da laser nem tem comparação. E com o que se poupa em gráfica…

  5. Jacto de tinha é muito bom. 😀

Deixe uma resposta