Aulas de bijutaria

Purple crystal ring Depois de marcar alguns workshops com diversas pessoas acabei por concluir que funciona melhor se der antes aulas particulares. Cada pessoa tem preferencia por um horário diferente, há sempre algumas que no final não aparecem e como as pessoas têm sempre níveis de experiencia diferentes, não demoram o mesmo tempo a fazer cada passo, tornando o processo mais dificil de gerir.

Como sou perfeccionista, gosto de dar atenção igual a todas as pessoas e ter a certeza que compreenderam a técnica, prestar atenção quando estão a fazer a peça para poder corrigir a forma como seguram no alicate ou algo semelhante se necessário. Quero que as pessoas compreendam como se faz e que é preciso prática para conseguir fazer as peças perfeitas.

Muitas pessoas esperam conseguir fazer tudo à primeira e sentem-se frustradas quando não conseguem, mas é mesmo assim. Eu só posso ensinar a técnica. A prática vem com o tempo. Há pessoas que nunca seguraram um alicate na vida ou uma agulha de tricot e qualquer técnica requer prática e adaptação às ferramentas. Mas quando se consegue finalmente fazer aquela argola perfeita, depois de praticar, sente-se um orgulho enorme por ter vencido o obstáculo. Às vezes ainda durante a aula, através da repetição dos componentes, começa logo a notar-se diferença.

Outra coisa que as pessoas não esperam quando se inscrevem para as aulas é que trabalhar com arame requer alguma força nos dedos e pode magoar. A técnica de coiling, por exemplo, pode causar bolhas nos dedos. As pessoas que trabalham com arame já têm calos nas pontas dos dedos, tal como os guitarristas. Algo que, mais uma vez, se ganha com o tempo. Também não convém muito vir para as aulas com unhas compridas porque isso dificulta imenso a destreza necessária para segurar peças pequenas como argolas e fechos. 🙂

Mas no geral, apesar de eu começar a achar que tenho de incluir estas dicas nos emails de marcação das aulas, tem corrido tudo bem e há pessoas que ficam tão entusiasmadas que regressam para aprender mais e mais coisas.

Tem sido um processo gratificante já que eu adoro ensinar, especialmente uma área que acho tão cativante e divertida.

E como já passou algum tempo desde que publiquei as informações sobre as aulas, aqui fica novamente porque tenho recebido imensos emails e comentários de pessoas interessadas.

As aulas são em Almada, na loja Tizmar (Rua Comandante António Feio, 47-F), com a duração de duas horas. Custam 30 euros (o mesmo valor tanto para workshop como aula particular) e os temas mais comuns são iniciação à bijutaria (para quem nunca trabalhou com arame e alicates), aneis de arame (coiling), tricot e crochet em arame e pendentes wire wrap. Fora do arame há ainda o tema dos nós celtas.

Também ensino a fazer peças específicas a quem quer aprender uma determinada técnica e já tive pessoas a trazer peças ou imagens de revistas para saber como são feitas. Tudo depende do interesse de cada pessoa.

Quando as aulas são sobre um tema previamente combinado eu entrego material de apoio com informações sobre o comprimento e grossura  de arame para cada componente e instruções poderem depois em casa voltar a fazer as peças.

Quem quer adquirir arame pode faze-lo no final da aula. Se quiser outros materiais convém avisar antes para eu poder levar.

É possível marcar aulas de bijutaria a qualquer dia de segunda a sexta às 10.30 ou às 14.00 e ao sábado com inicio a qualquer hora até às 17.00.
Durante as próximas duas semanas, o horário da tarde é mais alargado e a última aula do dia pode ter inicio às 17.00. Só no dia 22 é que não é possível marcar de tarde.

Se alguém quiser marcar uma aula basta enviar um email ou colocar um comentário.

3 Comment

  1. Olá!
    Tenho acompanhado o seu blog e as novidades do site há já bastantes meses e gostava de felicitá-la pelas lindas peças que faz. Contudo, continuo ansiosamente à espera do dia em que vai dar uma solução a quem quer aprender a técnica coiling e mora fora de Lisboa… (sim, porque eu sei que vai dar uma solução a essas pessoas 🙂 ) No meu caso, sou do Porto e adorava ir a Lisboa para marcar uma aula, mas convenhamos que fica um bocadinho fora de mão… Eu até já tenho o material necessário, só falta mesmo saber as voltas que se dá para as peças ficarem tão perfeitas.

    Continuação de bom trabalho e boas vendas.

    Beijinhos,
    Fátima

  2. Olá Bom Dia
    Eu sou a Dina do Seixal e gostaria de saber se pode dar um curso em especifico deste anel que apresenta com 6 quadrados roxos/azul todo contorcido com o arame fino à volta. Gostaria de receber mais um ou 2 fotos por e-mail para ter a certeza que é este o trabalho que pretendo. Gostaria de marcar o curso para o mês de Outubro se possivel.
    Aguardo noticias.
    bjs

    Trabalhos Lindos aqui apresentados, PARABENS

  3. Bom dia 🙂
    Bem, eu conforme vou descobrindo o seu site vou escrevendo e comentando lolol

Deixar uma resposta