O desfralde

Durante o tempo que passa em casa o Tiago adaptou-se perfeitamente ao uso do bacio. Já vai ser ser preciso dizer-lhe nada e depois vem ter connosco com o bacio na mão dizendo repetidamente ‘já tá!’

No entanto este sucesso estrondoso está directamente relacionado com o facto de ter começar a recusar vestir-se quando está em casa. Primeiro não queria fralda e agora não quer qualquer tipo de roupa. Passeia-se alegremente nu pela casa todo o dia e vai assim habituando-se a usar o bacio. Quando está vestido ou tem fralda, acabou-se. É como se o objecto deixasse de existir.

Sei que vou agora ter de começar a treiná-lo para usar o bacio quando está vestido mas isso vai demorar algum tempo. Acho que vou adiar até ao final do verão para ver se acontece naturalmente. Enquanto estiver calor e ele não precisar de usar roupa prefiro não ter de me chatear com isso.

A parte noturna acaba por ser a que corre melhor. Os livros de bebés falam em acordar os miúdos a meio da noite para irem à casa de banho, algo que me pareceu sempre uma violencia e que provavelmente resultaria apenas em birra e o resto da noite sem dormir. Felizmente descobri que não parece ser um problema porque há bastante tempo que o Tiago acorda todas as manhãs com a fralda seca. É verdade que depois arma confusão para tirar a fralda e usar o bacio a primeira vez mas com um bocadinho de paciencia até tenho conseguido que colabore.

A parte de dormir é que tem dias. A noite passada o Tiago adormeceu na minha cama e o Pedro depois levou-o para a cama dele quando se foi deitar. Eu estava tão cansada que nem dei por isso e só acordei de manhã. Esta noite deitei-me ao lado do Tiago na cama dele e ele adormeceu bem e até agora não voltou a levantar-se. Mas como foi dia sem sesta – ao contrário de ontem que adormeceu no sofá a ver o Star trek – estava bastante cansado.

Enfim, todos os dias são um desafio mas ele vai crescendo e continua a fazer-me sorrir diariamente, de uma forma que compensa muitas noites sem dormir e muitos momentos de irritação.

Deixar uma resposta