Papeis assinados

Fomos esta manhã ao banco assinar a papelada que torna oficial o pedido de crédito para a nova casa e respectivos seguros. O valor a pagar em despesas com toda esta brincadeira é a brutal quantia de 4500 euros. Ouch!

Estou um bocado preocupada com a questão de quanto tempo teremos de andar a pagar a renda de duas casas uma vez que não podemos vender a actual enquanto as obras da outra não estiverem terminadas porque ficavamos sem sítio onde viver. Desde que a taxa de juro não volte a subir para aqueles valores absurdos onde andou há pouco, durante os próximos meses, será principalmente uma questão de contenção de despesas, mas não vai ser fácil se a situação continuar por resolver muito tempo depois de nos termos mudado para a nova casa.

Considerámos a opção de alugar esta casa mas continuo a colocá-la sempre em último lugar porque há muitas despesas associadas a uma casa – condomínio, IMI, reparações, etc – que se podem tornar um risco demasiado grande.

Agora vamos aguardar a aprovação final e depois será altura de fazer registos e marcar escritura. A senhora do banco falou na primeira semana de fevereiro – parece-me tão depressa! Antes do meio de Março não vamos conseguir começar as obras o que nos dá um mês e meio de espera inutil. Vou começar a roer as unhas e só vou parar no dia da mudança.

1 Comment

  1. Olá, já tinha passado por este blog algumas vezes e gosto de o ler.
    O assunto da casa toca-me particularmnte porque eu já estou em mudanças desde Julho. Fiz o meu contrato promessa em Junho e (porque o prédio ainda não estava em propriedade horizontal e mais uma catrefada de problemas) ainda nem tenho a escritura marcada.
    Fico tão invejosa com a velocidade a que as tuas coisas andam.
    A minha casa também vai ter um sótão que não vou arranjar por agora.

    bjs e boa sorte!

Deixe uma resposta