Dia de mini panico

Hoje acordei cheia de dores musculares como se tivesse estado no ginásio ontem. De facto temos andado bastante, mas não me parece que seja o suficiente para isto. Começo a achar que as noites são mais cansativas do que os dias, para acordar desta forma.

O resultado é que passei o dia com uma grande vontade de dormir e não fazer nada. E pelos vistos este cansaço todo afectou a minha concentração porque quando fui actualizar o stock da loja depois de ter enviado uma encomenda é que reparei que tinha embalado um produto errado. Normalmente verifico as referencias mais do que uma vez para ter a certeza que está tudo bem e desta vez deixei escapar. Felizmente dei por isso assim que cheguei e consegui empacotar as contas certas e voltar aos correios para trocar os sacos antes do pacote ser enviado. O facto das senhoras dos correios já me conhecerem dá jeito nestas situações, senão podiam ter levantado problemas. Não há nada pior do que deixar os clientes irritados com um erro destes, especialmente num caso como este em que a encomenda era pedida para ser enviada com urgencia.

Depois do meu pequeno momento de panico, estava a actualizar o stock quando recebo um email da Alex a dizer que tinha chegado a casa com compras e não conseguia entrar em casa e a pedir para eu chamar alguém para ver se conseguiam abrir a porta. Liguei para duas empresas, incluindo uma que trata de urgencias, mas nenhum dos dois tinha gente disponível a não ser passada uma hora. Liguei de volta para perguntar a marca da fechadura e se precisavam de por algumas das compras no frigorífico ou se queriam esperar em minha casa e depois fiquei de escolher uma das empresas e marcar o serviço. Antes de eu conseguir decidir, a Alex ligou de volta a dizer que o marido tinha finalmente conseguido abrir a porta e já não era preciso. Mais um pequeno momento de stress que passou.

Espero que o resto do dia seja mais calmo porque a minha reserva de energia está a esgotar-se 😛

O Tiago está como eu – cansado, a precisar de dormir mas a recusar-se a ir para a cama.

Deixar uma resposta