Joana, 2 semanas

Aquilo que aprendi ao fim de duas semanas é que recuperar de uma cesariana com laqueação é muito mais doloroso do que de uma cesariana normal. Não ando a tomar nada para as dores mas continuo a sentir puxar aqui e ali quando me mexo e já por algumas vezes fiz um movimento um bocadinho menos controlado, para me levantar, por exemplo, acompanhado de uma dor horrorosa e pouco depois comecei novamente a perder sangue. Em princípio não é nada de grave e é mesmo assim mas está a custar um bocadinho mais o que da última vez.

A Joana já se começou a queixar de dores de barriga ocasionais mas até agora tem sido principalmente durante o dia ou ao princípio da noite (tipo até à 1 da manhã) e depois passa o resto da noite mais ou menos calma. Tenho feito massagem e o Pedro tem passado pelo menos uma horinha a passear com ela ao colo (por qualquer razão os bebés sabem sempre quando nos sentamos e preferem que estejamos de pé a passeá-los pela casa. São muito vocais neste ponto.)

Continua a tendência para sujar fraldas acabadinhas de colocar o que quer dizer que na primeira semana e meia em casa a Joana já sujou mais de 100 fraldas e 150 toalhitas. A continuar assim vamos à falência num instante.

Na segunda feira da semana passada fomos ao centro de saúde fazer o teste do pezinho e pesámos a Joana que tinha perdido pouco peso e estava com quase 3 kg. Na quinta voltámos porque era suposto eu ir tirar os pontos mas a sutura é toda especial, intra-dermica, com uma linha absorvível e tapada com uma espécie de cola a que chamam pele plástica pelo que não havia pontos para tirar. Aproveitámos para pesar a Joana novamente e já tinha recuperado 80 gramas.

No fim de semana foi altura das visitas da família. No sábado vieram os tios, irmã e pais do Pedro e no domingo os meus tios, avó e pais. O sábado correu melhor que o domingo porque esteve sempre alguém a brincar com o Tiago que assim não se sentiu posto de lado a favor do bebé. No domingo não correu tão bem. Ele andou a chamar a atenção das pessoas uma a uma. A minha tia tinha uma prenda para ele e esteve a falar com ele e depois a minha mãe também andou a brincar com ele um bocado mas a certa altura instalou-se toda a gente para o lanche. O Pedro esteve a entretê-lo mais um bocado mas o Tiago queria atrair o avô para a brincadeira e o meu pai não lhe ligou nenhuma por isso começou a birra. Acabou a fazer xixi para o chão e a atirar com coisas. Por essa altura as visitas resolveram sair 🙂

Pouco depois o Tiago foi deitar-se na cama e adormeceu, algo muito raro com ele. Na manhã seguinte percebemos porquê: estava com febre. Já devia estar a sentir-se mal no domingo o que contribuiu para o comportamento aberrante. De tarde a febre já tinha descido e não foi preciso dar-lhe mais medicação mas voltou a adormecer a meio da tarde por isso decidimos deixá-lo em casa na terça também para ter a certeza que não piorava.

1 Comment

  1. “Continua a tendencia para sujar fraldas acabadinhas de colocar … ” aqui era sempre assim, como o pai diz “gosta de casas de banho limpinhas”! Aliás, ainda hoje, essa tendência continua…

Deixe uma resposta