Arrumação

Esta semana conseguimos finalmente começar a por a casa com um ar mais habitável. É verdade que isso se deve muito a levar caixotes para o sotão sem sequer olhar lá para dentro, mas é para isso mesmo que servem as arrecadações.

Na quarta o Pedro pendurou os candeeiros da cozinha, que ficaram muito giros e dão logo um ar acabado à divisão. Ontem pendurámos os primeiros quadros nas paredes e isso também muda bastante o ambiente.

Conseguimos também – finalmente – montar as nossas respectivas áreas de trabalho e computador. Fiquei com uma bancada gigantesca que agora tenho que fazer um esforço por manter arrumada para poder recomeçar a bijutaria e por em prática todos os projectos que tenho andado a planear nos últimos meses sem condições para concretizar. O problema agora é escolher por onde começar. A sala ainda tem uma parede coberta de caixas e caixotes porque me faltam alguns armários para arrumação, mas desde que tenha a mesa safo-me.

A sala acaba por ser o que ficou mais vazio e com um ar pobrezinho porque o sofá está velho e o movel da TV é minusculo para o espaço. Temos planos de decoração mas falta de fundos por isso terá de ficar assim durante mais algum tempo.

Ainda falta limpar e arrumar muita coisa mas já se começa a ver a casa que imaginámos. Para começarmos finalmente a ter a sensação de estar em casa, na quarta feira montámos a árvore de natal, com o Tiago a ajudar e músicas de natal a tocar para dar ambiente. Acho que foi o primeiro momento verdadeiramente divertido e descontraído que tive desde que me mudei e gostei de ver o Tiago a participar alegremente.

Deixe uma resposta