EdiTiago

No último sábado do passado mês de Novembro fomos convidados para dois aniversários.

Primeiro foi a festa do seu melhor amigo do infantário, o Edi. Quando chegou a hora de sair o Tiago estava já muito cansado por ter passado todo o dia a correr pela casa e estava mesmo a dizer que não queria ir. Foi preciso algum esforço para o vestir e teve de ir ao colo. A festa foi no Gymboree, e quando chegámos e o Tiago viu o amigo e um grande espaço de brincadeira, ganhou logo uma nova dose de energia e passou duas horas incansável.

Ao princípio eu participei pouco porque a Joana estava cheia de sono mas não adormecia com a barulheira que se pode esperar de diversas crianças em alta diversão. Como o Pedro ainda teve de ir fazer umas compras, fiquei encarregue de vigiar os dois durante um bocado. Quando o Pedro voltou, ficou com a Joana e eu pude ir para junto do Tiago . Ele e o Edi dão-se muito bem porque são os dois super energéticos e o que gostam mesmo é de andar a correr. Mas formam um bloco tal que mais ninguém se pode aproximar, especialmente se forem meninas. Cada vez que uma menina se aproximava gritavam EdiTiago – um grito de guerra que parece querer dizer ‘não pertences ao clube’. Se não era suficiente, seguia-se um ‘vai-te embora’, ‘não’ e em último caso ‘mamã! Olha!’ com um dedo apontado acusatoriamente à pobre menina que se tinha dignado a aproximar.

É claro que os amigos também se desentendem ocasionalmente, quando querem o mesmo brinquedo, por exemplo, mas passa-lhes depressa e volta tudo ao normal num instante.

Depois da brincadeira e do bolo tivemos que sair para ir ao segundo aniversário do dia: o da tia Bela. O Tiago estava com muito sono mas quando chegámos acabou por se aguentar. A Joana teve mais uma crise de choro até adormecer finalmente e conseguimos jantar sem problemas. O Tiag não comeu quase nada mas isso já é costume e há muito que deixei de me preocupar.

A verdade é que estou muito mais descontraída com a Joana do que fui com o Tiago e ela acaba por sofrer um bocado porque não tem ainda uma rotina bem estabelecida.Farto-me de a acordar a meio de uma sesta porque preciso de ir a algum lado, algo que evitava fazer com o Tiago e ela tem de se adaptar muito mais. O resultado é que acabou por se habituar a dormir mais sestas de meia hora em vez de uma grande.