Intolerante

Fizemos a experiencia: uma semana de papa não láctea seguida de um dia de papa láctea. Aguentou duas horas e vomitou. Está então confirmada a intolerancia ao leite de vaca.

De todas as chatices que podem acontecer com um bebé, não é das piores nem nada que se pareça, mas vai ser complicado desmamar a miúda e arranjar-lhe substitutos para o leitinho. Implica nada de iogurtes, sobremesas lácteas e muito cuidado com os ingredientes de uma série de produtos daqui para a frente.

O susbtituto obvio é o leite de soja mas a minha sogra já avisou que os bebés não costumam gostar por isso estou a ver que a dificuldade das refeições não deve melhorar tão cedo.

Por outro lado a sopa já vai melhor mas em pequena quantidade. A fruta já é pedir muito e acaba geralmente em choradeira.

7 Comment

  1. Tenho uma amiga que bebe leite de cabra, da marca President. Sei que ela não o encontra em todos os supermercados, mas pode ser que haja também iogurtes e afins. Não sei se ajuda mas lembrei-me de dar a dica.

  2. Podes experimentar “leite” de soja, arroz, aveia… Há várias opções, claro. O Miguel nunca bebeu leite de vaca nem iogurtes lácteos e nunca teve qualquer problema. Sempre comeu muito bem. O mais chato é realmente evitar o leite nos produtos que não são leite ou iogurtes, porque quase tudo tem leite. Boa sorte!

  3. Olá Dee,

    Tens razão, de tudo o que podia acontecer, não é das coisas piores. Eu costumo dizer o mesmo em relação ao meu filho, que não é intolerante, mas é alérgico (neste caso faz toda a diferença) ao gluten. O mais complicado, a meu ver, é a falta de informação dos rótulos. Tornei-me uma profissional do rótulo e é, de facto, algo que poderia estar mais facilitado e não está. O gluten está presente na maioria dos cereais, logo, no pão e em tudo o que leve farinha de trigo/cevada/centeio, nas massas, num simples caldo knorr, enfim, a lista parece nunca mais acabar. Quanto à proteína do leite de vaca não tenho experiência, mas sei que existem produtos alternativos (nomeadamente à base de soja, como referes). De qualquer forma, à semelhança dos alternativos ao gluten, imagino que sejam bem mais caros. Para teres uma ideia, 1/2 Kg de esparguete sem gluten custa a módica quantia de 3.95€, quando compras 1/2 Kg de esparguete normal por 50, 60 cêntimos :S
    Boa sorte na adaptação à soja.

  4. Olá,

    O meu filho mais novo também se revelou intolerante à lactose (tal como eu), e com ele experimentei o leite sem lactose da Mimosa (http://www.mimosa.com.pt/mimosa/produtos/leite/bem_especial/leite_bemespecial_semlactose.aspx) e ele deu-se muito bem.
    Fica a sugestão. 🙂

  5. Obrigada pelos conselhos. Vamos deixar a pediatra decidir o que acha mais adequado por enquanto, porque a Joana é muito pequenina e precisa de uma dieta demasiado específica nesta fase para andarmos a fazer experiencias, mas mais tarde é bom saber que há alternativas.

    Isto não é o mesmo que intolerancia à lactose, que está mais relacionado com o açucar do leite.

  6. Mais uma sugestão, pode-se sempre fazer as papas não lácteas com leite infantil de lata, tipo Nan ou Nidina. Claro que o pediatra é sempre o melhor aconselhador, mas lembro-me que para o meu filho, até ao ano, fiz-lhe sempre as papas com um leite HA (precisamente por causa das alergias).

  7. Só venho confirmar o comentário anterior, os meus 2 miúdos comeram papas não lácteas até bem depois do ano por prevenção uma vez que há historial alérgico na família e como já nao os amamentava qd começaram nas papas fazia sempre com o leite Ha (aptamil ou nan que foram os que bebiam) e tanto um como outro gostavam bastante das papas.

Deixar uma resposta