Rastejando para a liberdade

A Joana começou a rastejar. Ainda não se apoia nos joelhos mas tem uma força brutal nos braços e consegue ir de uma ponta à outra da sala em poucos segundos.

Esta foi uma evolução recente que se seguiu a um maior à-vontade a rebolar. Como já não está tanto frio começámos a por a Joana directamente no chão, em vez de ser sempre em cima de uma mantinha, e ela parece ter levado isso como uma abertura do espaço que tinha disponível para se movimentar. Infelizmente quando lhe noto um boost de velocidade é porque encontrou um cabo eléctrico, um sapato que quer por na boca ou outro objecto igualmente perigoso. Entrou definitivamente na idade em que não se pode desviar o olhar por um segundo.

Felizmente readquirimos o parque que tinhamos comprado para o Tiago, o que nos dá alguma garantia de segurança quando é preciso sair da sala por momentos. Ela não gosta muito mas não tem uma aversão tão grande como o Tiago tinha e hoje até adormeceu lá dentro.

Deixe uma resposta