Manutenção e limpeza das joias

Há diversas formas de limpar jóias, dependendo do tipo de sujidade.

Para uma limpeza regular, de forma a manter o brilho do metal, recomenda-se água morna e, se necessário, um detergente de loiça suave. Se for necessário escovar recantos, a utilização de uma escova de dentes de criança muito suave é o mais indicado porque evita riscar a peça.

Para evitar que a peça oxide, convém guardá-la num saco de plástico ou numa caixa de joalharia que contenha algodão, papel ou pano anti-oxidação.  No caso da peça ter ficado oxidada – algo que acontece quando é exposta ao ar durante muito tempo, pode ser limpa com produtos mais específicos.

No supermercado vendem-se produtos de limpeza de diversas marcas que são eficazes na maioria dos casos. O meu favorito para a prata é a espuma de limpeza (Silver Foam) da marca Town Talk. É uma pasta vermelha que se aplica com uma esponja húmida ou com a tal escova de dentes. Retira a oxidação e dá um brilho fantástico à prata. Para chegar a zonas difíceis também se pode usar um cotonete com um pouco de produto. No final deve-se sempre lavar bem a peça para retirar restos de químicos.

Não aconselho porém os líquidos em que se mergulha a peça durante uns segundos, como o Silver Bath da Hagerty. Pode ser muito prático para talheres de prata mas para jóias é um ácido muito agressivo que pode estragar tanto a prata como as pedras.

Para dar um polimento ocasional existem panos embebidos em líquidos de limpeza. Basta esfregar a peça para tirar a sujidade mais superficial e dar brilho. Estes panos vão ficando pretos com o uso mas não devem ser lavados porque isso retira o polidor e impede que o pano possa ser reutilizado.

Há quem utilize por vezes uma solução de bicarbonato de sódio para limpar correntes, uma vez que é quase impossível conseguir chegar a todas as pequenas reentrâncias. É uma método desaconselhado para peças com pedras mas num caso em que nenhum dos métodos anteriores funciona, pode valer a pena experimentar.

Coloca-se a corrente num tabuleiro plano (tipo tabuleiro para lasagna) e cobre-se a corrente com bicarbonato de sódio. Depois deita-se água a ferver por cima o que causa uma reacção química imediata que limpa a prata. É possível que tenha de se repetir a operação algumas vezes para obter um resultado perfeito mas é um método simples, rápido e económico. Só é preciso cuidado para não respirar os vapores que sobem quando se deita a água.

O tambor rotativo cheio de água, detergente e pequenas peças de aço é outro método utilizado para limpeza das peças, mas a repetição do processo vai endurecendo o metal que se pode tornar quebradiço. Outra desvantagem é que a fricção estraga algumas pedras mais moles como a turquesa ou as pérolas. Uma alternativa para peças com pedras resistentes que é suposto não endurecer mais o metal é utilizar arroz seco em vez das bolinhas de aço.

Se nada funcionar, os joalheiros têm máquinas de ultrasons para limpeza de jóias. Tal como com a utilização de químicos, algumas pedras podem ser danificadas por este processo de limpeza.

2 Comment

  1. Bom dia
    Qual os panos/marca que recomenda?
    Existe alguma marca que faça em toalhetes?
    Obrigado
    Melhores cumprimentos

    1. O pano que uso é da Town Talk. É um pano impregnado de produto de limpeza. Tenho o meu há imenso tempo. Vai ficando sujo mas continua a funcionar. Toalhetes sei que existem várias marcas – Wipease, Weiman, Connoiseurs, Carbona, etc, mas nunca usei e não sei se se vendem em Portugal. Prefiro usar o Silver Foam para as peças mais sujas e o pano para a limpeza de impressões digitais e oxidação mais superficial.

Deixar uma resposta