Mais um virus vencido

No domingo acabámos por não ir almoçar a casa do meu irmão, para limitar o contacto deles com o virus da Joana. Passámos lá só um bocadinho mais tarde, para cantar os parabéns ao Gabriel e dar as prendas. A Joana vomitou durante a viagem de carro e esteve muito rabujenta e o Pedro também se começou a sentir mal, por isso viemos embora o mais depressa possível.

Na noite de domingo para segunda eu comecei a sentir dores no estômago e assim que me levantei percebi que também tinha apanhado a virose. Como o Tiago ainda não tinha dado sinais de problemas, resolvemos levá-lo à escola, nem que fosse para estar longe do contágio por umas horas, mas já não fomos a tempo. Duas horas depois liga a educadora a dizer que ele tinha vomitado.

E foi tudo o que fez durante a segunda feira. Não aguentava nada no estômago, nem água dada às colherinhas. Ao fim de uns minutos vinha tudo fora. Felizmente não chegou a ter diarreia e na terça já parecia bem, cheio de fome e bem disposto. Eu também só estive mal um dia e a Joana ontem também já não tinha nada.

O Pedro parece ter sido o único que não se safou intacto desta treta porque ficou com o estômago todo lixado e passou o dia de hoje cheio de dores. Lá acabou por ir ao posto médico ao fim do dia, porque já não sabia o que fazer mais, e voltou medicado. Parte da medicação parece ser leitinho com chocolate frio e gelado – que chatice, não é? 🙂 Acho que o Tiago teria gostado deste remédio (se não fossem as dores brutais, claro).

Hoje as crianças já voltaram à escola e parece que correu tudo bem. Aproveitei o dia para acabar de refazer a home da Nitro que já não fazia sentido como site de empresa e mais uns detalhes de design aqui e ali que ainda andavam pendurados.

Ainda falta fazer etiquetas com o novo logo, para levar umas peças para a loja de Lisboa e depois é atirar-me às peças novas que o tempo até ao Natal já começa a ser pouco. Perder duas semanas com viroses lixou-me o calendário todo.

O Pedro escreveu sobre isto aqui.

Deixe uma resposta