Acabaram-se os aniversários dos amigos

No sábado levámos o Tiago à festa de aniversário de um amigo da escola. Assim que entrou na sala parou, amuou e não se mexeu mais, não brincou nem falou com ninguém durante quase 3 horas até finalmente dizer que se queria ir embora enquanto nós esperávamos de pé no meio da confusão e barulho. Felizmente estavam lá uns pais simpáticos com quem conversar porque de outra forma tinha sido uma seca monumental para toda a gente. Quando penso que os meus sogros se ofereceram para ficar com os miúdos e podia ter tido uma tarde sossegada fico pior que estragada.

Eu pensava que esta atitude tinha acabado, mas aparentemente, quando confrontado com um local que não conhece, o Tiago continua a fazer shut-down e não há nada que consiga dizer ou fazer para ele reagir. Uns dias mais tarde disse que viu um barco dos piratas e que não gostou. Eu não vi piratas em lado nenhum, mas OK. De qualquer forma, no momento, não nos diz absolutamente nada e é impossível lidar com ele. Já me andavam a perguntar se ele não estava doente, se não teria febre, mas ele gosta é da atenção. Se não tivesse já feito isto tantas vezes antes até era capaz de me preocupar mas já percebi que ele é assim e o melhor é não ligar.

Assim sendo, acabaram-se as festas de aniversário para o Tiago. Já não tenho paciência para perder um dia do fim de semana para ir não sei para onde e depois ter de aturar o meu filho amuado e ainda acabar por ter de pedir desculpa aos pais do aniversariante. Ele que vá às festas dos amigos quando fizer 15 anos e já não precisar de companhia dos papás.

1 Comment

  1. Os putos são uma cena impressionante! Não conheço um que não tenha uma pancada qualquer… Há sempre qualquer coisa com que embirram e pronto!
    Olha paciência, muita paciência…

Deixe uma resposta