Nut Factory

Ecran principal

Há cerca de um ano o meu irmão começou a fazer um jogo chamado Nut Factory para ipod e iphone. Pediu ajuda para os gráficos e a música. Eu fiz um ritmozinho e gravei umas melodias e uns primeiros sons para o fogo e pregos mas o meu envolvimento ficou um bocado por aí porque aquilo precisava de mais do que eu era capaz de fazer. O meu marido, por essa altura, atirou-se ao trabalho afincadamente, fazendo toda a parte gráfica, música, sons e ajudando também o meu irmão na definição dos detalhes do jogo. Tudo isto em horário pós-laboral, geralmente entre as 10 da noite e as 3 da manhã. Dormir, aparentemente, é para os fracos.

O jogo foi tomando forma e acho que o resultado ficou fantástico visualmente e bastante viciante a nível de jogo. O jogo em si é simples – trabalhamos numa fábrica, numa linha de montagem, e a nossa função é cortar troncos antes destes chegarem ao fogo. À medida que vamos subindo de nível, a coisa vai-se complicando. Há pregos espetados nos troncos que é preciso tirar, pinhas que explodem e até um castor malandreco que não quer largar os troncos e precisa de uns abanões (suaves).

Artsy cut

Quem gosta dos achievements também deve ficar feliz porque há uma série deles, assim como artsy cuts, ou seja, quando se corta um grupo de troncos formando uma determinada figura (um triangulo, por exemplo) ganhamos pontos por isso.

Ou seja, o Nut Factory é um jogo simples mas muito bem pensado e com muitos pormenores que nos fazem querer jogar de novo para conseguir chegar ao jogo perfeito. Como cada nível tem um look fixo, é possível ir aprendendo e melhorando cada vez que se joga.

É bom ver portugueses provar que por cá sempre se conseguem fazer coisas giras com trabalho e força de vontade.

O jogo tem uma página de facebook onde podem ir acompanhando as novidades. Podem ver o trailer do jogo no fórum, onde se podem colocar questões ou dar sugestões para os updates do jogo, e que também tem alguns screen shots e depois espero que vão fazer o download na App Store.