Novas aventuras do Tiago

O Tiago aprendeu finalmente a gatinhar em vez de se limitar a arrastar-se de barriga. Hoje já passou o dia a deslocar-se por toda a casa começando na sala, passando pelo hall e depois pela cozinha onde abriu a sua primeira gaveta e seguidamente foi directo à tomada de parede (que já está tapada). Ainda tentei filmar mas como sempre o equipamento falha quando não deve – a cabeça da camara de video está suja e não filma nada.

A fase seguinte é por-se de pé, algo que já anda a ensaiar há umas semanas pelo que não deve faltar muito. Ainda me surpreende a forma como os bebés aprendem a fazer uma coisa de um dia para o outro.

A luta das refeições continua, uns dias melhor outros pior. O truque é dar-lhe pão e quando ele abre a boca para morder o pão enfia-se uma colher de sopa. Ele não resmunga muito e lá vai comendo.

É claro que como come menos acorda durante a noite com fome, geralmente entre as 2 e as 3 da manhã. E muitas vezes acorda outra vez às 6 quando os vizinhos de cima se levantam e soltam os elefantes. Estou a ficar farta de viver nesta casa.

O que me faz mais impressão é a forma como a vizinha de cima grita. Está sempre a gritar histericamente com o marido ou as filhas e ouve-se no prédio todo. O Tiago, que não percebe o que se passa, pára muitas vezes para ouvir a gritaria. Considerando que eu e o Pedro não discutimos muito gostava de poder ter o Tiago num ambiente um pouco mais amigável. Eu cresci com os meus pais sempre a discutir e sei que isso me afectou bastante e demorei muito tempo a perceber que não é preciso gritar para se ser ouvido e não quero que o meu filho seja afectado por uma vaca histérica que nem conheço depois de todo o esforço que eu já fiz para evitar ser assim.

Será que contratar um hitman é ir longe demais?

Leave a Reply