De volta ao jardim

Tivemos finalmente um fim de semana sem interrupções. É claro que em vez de descansar começámos por ter que ir ao supermercado de manhã e depois passei o resto do sábado a limpar a casa e a lavar roupa já que a Augusta não apareceu esta semana. E a noite de sábado não foi melhor porque fui acordada pelo ranger ritmado da cama dos nosso vizinhos de cima e fiquei tão completamente freaked out pela imagem mental da coisa que perdi completamente o sono. Acabei por passar grande parte da noite na sala a ver o O.C. season 4 e a acabar um colar.

No domingo estava à espera de me sentir completamente exausta mas até estive bastante bem. Começo a concordar com o Pedro: é a nossa cama que nos dá uma grande tareia todas as noites, por isso quanto menos tempo passarmos nela melhor. Já mudámos de colchão e de almofadas não sei quantas vezes e o resultado é sempre o mesmo.

Tentámos ir até ao Parque mas tal como na semana passada estava um bocado de vento e não ficámos muito tempo.

De tarde consegui ver o filme The Queen, de que gostei bastante mais do que estava à espera. Está muito bem feito e a Helen Mirren é sensacional no papel.

Na segunda feira já estava outra vez bom tempo por isso levei o Tiago ao jardim durante a tarde. Depois de uma semana praticamente fechado em casa acho que já estava com saudades.

Ontem passei as sestas do Tiago a fazer orçamentos e a instalar software de content management no servidor. Estou a experimentar uns quantos diferentes para ver qual gosto mais porque a separação entre código e layout na maior parte destas coisas é uma confusão. Uma vez encontrei um que era bastante bom nesse aspecto mas depois tinha bugs de funcionamento graves. Dá imenso trabalho fazer isto mas é preciso porque hoje em dia já não faz sentido fazer um site sem backend e já há imensa coisa em open source.

Hoje de manhã voltei a levar o Tiago ao jardim. Ele fica sempre muito interessado nos outros miúdos mas limita-se a observar. Não tenta ir para junto deles. O que é perfeitamente normal para a idade dele.

Nas últimas semanas tem dado uns passinhos sozinho de vez em quando mas continua a preferir gatinhar porque se sente mais seguro e anda muito mais depressa. Já me tinham avisado que ia ser assim.

Noto que já está mais colaborativo nas brincadeiras e já obedece a regras simples como ‘dá’ ou dizer-lhe para por um cubo em cima de outro. Fica um bocado frustrado quando os cubos caem mas no geral até é um miúdo persistente. Começou também a sentar-se num banco (ou melhor a montar-se, com uma perna para cada lado).

Continua a não falar mas todos os dias descubro mais palavras que ele entende. Fruta, fome, papa, mamã, papá, água, chapéu, luz, gato, pato, bola, leite…

A única coisa que diz regularmente é ‘mamã’ quando tem fome. Mas o Pedro já fez o teste de perguntar onde está a mamã e ele olhou para mim por isso é uma questão de associar a mãe à comida, o que faz imenso sentido para quem mamou durante um ano e esteve sempre em casa com a mãezinha.

As refeições estão outra vez a complicar-se graças à mania típica desta idade de atirar tudo para o chão, incluindo o que tem no prato. Só que no caso do Tiago a coisa é pior porque ele percebeu que quando deita comida para o chão aparecem dois ou três gatos e acha imensa piada. Por isso, para além de preparar a comida, agora tenho também que andar a recolher gatos antes das refeições para ele não estar tão distraído. Não que isso o impeça de atirar a comida ao chão mas pelo menos sempre vai comendo qualquer coisa.

Tem sido dificil convencê-lo a beber mais do que umas gotinhas de leite pelo copo por isso começou a comer papa feita com leite. Assim pelo menos tem a dose diária e depois se vê se bebe mais um bocadinho pelo copo. Aliás, é dificil dar-lhe qualquer espécie de líquido. Mesmo água é complicado. Suponho que é daquelas coisas que vão ficando mais fáceis com o tempo.

De resto tem sido tudo muito mais fácil desde que o Tiago começou a ver televisão. Posso finalmente ir preparar comida ou ir à casa de banho sem deixar o miúdo aos gritos deixando-me a mim em stress o dia todo. O Baby First é uma maravilha e ele adora o Peecaboo e o Squeak que é um programa com 3 ratinhos. É claro que ele só vê televisão em bocadinhos de 10 minutos, enquanto estou a preparar o prato ou a lavar a loiça, mas dá montes de jeito.

Além disso eu nunca fui uma daquelas pessoas que dizem ‘o meu filho nunca vai ver televisão’. Muito pelo contrário. Eu gosto de ver séries e filmes e estou desejosa que ele cresça o suficiente para conseguir partilhar algumas coisas com ele. Por outro lado sei que as crianças precisam de um mínimo de uma hora de actividade intensa por dia e sou responsável por proporcionar isso. É claro que por enquanto isso não é um problema porque posso simplesmente desligar a televisão e acabou. Mas daqui a mais um ano, quando ele começar a escolher o que quer ver e a jogar com a playstation (cujo comando ele já adora) vai ser mais complicado de gerir.

Mas também tenho notado que o Tiago não fica quieto nem quando está a ver televisão. Está sempre a mexer-se de um lado para o outro, o que quer dizer que acaba por ter um nível de actividade mais elevado mesmo numa situação onde normalmente se gastam tantas calorias como quando estamos a dormir.

3 Comment

  1. A televisão nunca matou ninguém (acho eu); no meu caso acho que exagerei um bocado no primeiro filho…punha-o na cadeira mais de uma hora seguida para poder dar a minha aula de piano em paz…no segundo já não fiz isso e nota-se imenso a diferença entre os dois…um é viciadíssimo e o outro troca-a por qualquer coisa que lhe apareça!!! Agora com a Becky vou tentar dosear as coisas porque na verdade dá imenso jeito que eles as vezes se entretenham um bocadito!!!
    Bj

  2. Dee, Experimente os filmes da série Baby Einstein. É óptimo para os bebés e já há alguns em português. O meu adora…
    Sandra

  3. Os DVD’s CD’s e Livros Baby Einstein já se encontram a venda em Portugal e traduzidos para a nossa lingua
    A empresa que distribui e comercializa para as lojas é a ATMOSNATURA em Linda a Velha
    Espero que esta informação ajude

Leave a Reply