Gravidez: semana 31

Agora é que começa a custar. Já está calor e já acordo cansada de manhã pelo que passo os dias com vontade de voltar para a cama. Mas se tento deitar-me não consigo dormir porque fico com o nariz entupido ou outro desconforto qualquer.

Graças às obras, em vez de descansar mais tenho andado mais. Vou levar o Tiago à escola e depois vou até à casa nova tirar fotos antes de voltar tudo para trás, o que dá mais meia hora de percurso do que o normal. Como ainda por cima vou carregada com a máquina fotográfica e outras coisas que sejam necessárias – ontem voltei com dois sacos de compras do pingo doce, por exemplo – estou a fazer muito mais esforço do que até aqui.

Exercício é bom, e sem dúvida é melhor do que estar em casa sem me mexer o dia todos, mas ter de carregar com coisas e fazer um esforço extra não é nada fácil nesta fase.

À noite continuo a acordar constantemente porque o Tiago continua a levantar-se por volta das 2/3 da manhã para vir dormir connosco e depois passa o tempo a bater-nos com os braços ou pés. O miúdo saiu com uma dose de sonambolismo herdada do pai e portanto, para além dos movimentos normais que todos fazemos durante a noite também fala no sono e às vezes chega mesmo a sentar-se na cama apesar de estar a dormir. É muito cansativo para ele e para nós que estamos constantemente a acordar para tentar perceber o que se passa.

E por fim, como passo a manhã a lidar com questões relacionadas com a casa – ainda hoje fui buscar os papeis que faltavam: caderneta predial em nosso nome, pedido de isenção de IMI, mudança de morada fiscal, etc. – durante a tarde tenho que tratar das tarefas domésticas que costumava fazer de manhã – lavar roupa, arrumar a cozinha, limpar o caixote dos gatos – ficando com muito pouco tempo para fazer seja o que for fora das obrigações. Vão ser dois ou três meses lixados.

Felizmente estou entusiasmada o suficiente com a obra para não ficar aborrecida com nada disso. Sinto-me sempre melhor quando tenho um objectivo, mesmo quando dá trabalho.

2 Comment

  1. isenção de IMI ? essa não é a vossa 3ª casa ?

  2. É a terceira casas mas é a primeira desde que entrou em vigor o IMI. Também tinha dúvidas sobre isso mas parece que não contam o que foi feito antes do imposto existir.

Deixar uma resposta