Só falta um dia…

Amanhã completam-se as 39 semanas de gravidez e está previsto o nascimento da Joana, por cesariana. Devia ir passar já a noite ao hospital, mas felizmente o Dr. Saraiva não concorda com essa medida e disse que bastava aparecer amanhã cedo.

Os últimos dias têm sido passados em preparativos finais – lavar lençois para o berço, ir buscar a alcofa que estava emprestada, lavar a casa de banho (A Augusta continua de férias, já vai em mês e meio) e ter a certeza que não me esqueço de nada demasiado importante.

O Tiago anda a ser levado à escola pela minha mãe e depois são os meus sogros que o vão buscar ao fim do dia. Uns dias corre melhor que outros, tal como quando sou eu, por isso não me parece que a mudança de rotina esteja a ser um grande drama.

Ontem foi complicado porque quando são os avós a ir buscar o Tiago normalmente quer dizer que o levam a passear ou para casa deles brincar um bocado. Como veio directamente para casa fez uma birra enorme, com lágrimas a escorrer pela cara abaixo porque não queria vir para a mãe. Felizmente acabou por passar e estivemos a brincar o resto da tarde, apesar do sono monstruoso que eu tinha.

amostras chãoHoje fui à casa uma última vez porque o empreiteiro tinha lá deixado as amostras de chão para nós escolhermos. Não é uma decisão fácil. Estou inclinada para uma de faia mas com os veios da madeira mais realistas mas também há uma de carvalho que não desgosto, só que em comparação parece ter uma cor muito mortiça. É complicado quando não é uma questão de adorar logo uma opção ou odiar completamente todas as outras. Acho muito difícil a partir de um quadradinho imaginar como fica o chão de uma divisão inteira.

Quando dei a volta para fotografar as novidades reparei que já tinham colocado as portas para o terraço, o que foi uma surpresa agradável. A porta da marquise para o resto do terraço, que tinha previsto inicialmente ser de abrir e afinal ficou de correr, é bastante larga e mesmo abrindo só metade acaba por dar um espaço de passagem muito amplo por isso não fiquei decepcionada.

summer fruitA caminho de casa fui comprar fruta. Como preciso de desinfectar a fruta antes de a comer por causa da questão da toxoplasmose, meti tudo junto numa grande taça. Achei que ficava tão bonito que não resisti a tirar uma foto 🙂

Cada vez que compro fruta no Jumbo arrependo-me mas a frutaria aqui ao pé de casa tem sempre coisas deliciosas. Tive então frutinha para o lanche. O resto fica para o Pedro e o Tiago já que não estou em casa o resto da semana.

Na verdade, estou mais nervosa com o internamento do que com o parto. A cesariana anterior foi um bocado desagradável para o final porque perdi muito sangue, tive uma quebra de tensão que provocou vómitos e acabei por passar montes de tempo ligada ao monitor antes de poder pegar no Tiago. Para além disso passei um dia ou dois cheia de comichão como reacção à anestesia. Tentar amamentar então, só mesmo no dia seguinte ao parto e mesmo assim o Tiago não queria nada comigo. Só quando viemos para casa é que começou a mamar convenientemente.

Desta vez tenho mais experiencia e espero que seja mais fácil mas não estou com grande esperança. Para evitar problemas vou levar a minha bomba de leite. Assim pelo menos a criança não passa fome nem precisa de complementos até aprender a mamar.

E pronto. Fiz o que pude, o que dava para fazer com o tempo e energia disponíveis. Agora é esperar por amanhã e tentar não enlouquecer com os 4 dias no hospital sobre-aquecido. Se tudo correr bem para a semana digo qualquer coisa.

Entretanto o Pedro deve ir dando sinal no site dele.

8 Comment

  1. Como gosto muito de opinar sobre coisas de casa e remodelei a minha casa há pouco tempo, posso-te dizer que das 4 hipóteses a mais bonita é sem dúvida a do canto superior direito! (acho que deve ser o tal de carvalho) escolhi um muito parecido e além de ser um tom e veio muito realista, é muito neutro em termos de conjugar com mobiliário de outras madeiras, mobiliário preto ou branco, ao contrário das 2 de baixo que são demasiado “avermelhadas” e só conjugariam bem com madeiras tipo cerejeira, além de terem aspecto mais artificial e barato.

    a que sobra acho um bocado estranha, mas poria em 2º lugar. como é fora do vulgar mas ainda mantém uma tonalidade e veio realistas e neutros, pode ser que resulte muito bem e que o chão fique com um ar mais fora do que se vê sempre por aí 🙂

  2. Um grande beijinho e tudo de muito bom.

    Vou acompanhando notícias pelo Pedro.

  3. Minha querida, que tudo corra bem!
    Bjs

  4. Dee, leio seu blog há muito tempo, deve ter uns 5, 6 anos já. Nem lembro mais como caí aqui, mas desde então virei uma leitora assídua, gosto muito do seu jeito de escrever sobre as coisas, da sua voz, ouvi umas músicas suas e gostava muito, você deveria gravar mais, depois vieram as bijoux lindas, o filhote que é mesmo um fofo, até quando leio sobre as birras…rs
    Lembro um período em que você só escrevia em inglês e eu tinha que traduzir, pois meu inglês é bem ruinzinho.
    Nunca comentei antes porque acho meio estranho essa coisa de me sentir íntima quando você nem mesmo sabe que eu existo, mas enfim coisas da internet. Mas lendo esse post não resisti a comentar pra desejar-te que corra tudo muito bem amanhã e pra desejar como dizem aqui no Brasil, sim sou brasileira, que você tenha uma “Boa Hora”!
    E assim que puder coloque uma fotinho da Jaoaninha pra eu ver tá bom.

    Um grande beijo.
    Cris.

  5. Inês: Essa é a segunda opção para o chão. Fiquei na dúvida porque a cor me pareceu um bocado esverdeada e não consigo imaginar bem como ficaria. Os de baixo pelo menos sei como vai ficar, precisamente porque se usa tanto 🙂
    Ainda vamos conversar sobre isso mas no final somos capazes de concordar consigo 🙂

    A todas as outras meninas, obrigada e beijinhos.

  6. Que tudo corra bem e espero ler notícias em breve! Beijinho

  7. Esta noite vão orações especiais para a Joana e para a Mãe. Que tudo corra bem.

  8. Que corra tudo bem, sem problemas e que a Joana seja uma bebé saudável para crescer bem e brincar com o Tiago, na vossa nova casa.
    Bjinhos

Deixe uma resposta