A máquina de lavar mentirosa

Ultimamente ando em guerra com a minha máquina de lavar loiça É uma Whirlpool 6th Sense, supostamente toda croma que é suposto ‘sentir’ o nível de sujidade da loiça e ajustar o consumo de água de acordo com isso e blá, blá, blá mas que por esta altura tem já os dias contados – só falta escolher o modelo da máquina nova e contar os tostões antes desta traidora sair porta fora.

A teoria por detrás das máquinas de lavar é que nos poupam tempo. Em vez de passarmos meia hora a lavar loiça à mão passamos cinco ou dez minutos a por a loiça na máquina e a dita faz o resto. Infelizmente cá em casa isso é mesmo só teoria. A nossa máquina de lavar, em vez de lavar efectivamente a loiça – apesar de estar convenientemente alimentada com detergente, sal, abrilhantador e essas coisas todas – parece limitar-se a transferir sujidade de umas peças para as outras fazendo com que certas coisas, como por exemplo os copos de água, saiam mais sujas do que quando entraram para a máquina.

Na prática isto quer dizer que ao tirar a loiça da máquina tenho de lavar tudo à mão dando-me o dobro do trabalho do que se o tivesse feito logo e atirasse a máquina de lavar pela janela (figurativamente, claro).

Não há nada pior que electrodomésticos que não parecem efectivamente avariados mas que se recusam a fazer aquilo que era suposto.

A próxima máquina há-de ser alemã e vamos ver se as coisas melhoram.

3 Comment

  1. Tem o sexto sentido pouco apurado! eheheh
    A minha funciona bem, mas acho um desperdicio usar a maquina para loiça de apenas duas pessoas. E demorar imensos dias a enche-la, e por isso ter de passar algumas coisas por agua para nao ganharem cheiro. É mesmo muito raro usar.

  2. A nossa fica cheia todos os dias, às vezes duas vezes por dia (principalmente ao fim de semana quando o Pedro cozinha para a semana). E é praticamente só para duas pessoas porque eu lavo à mão os pratos do Tiago para estarem prontos para a refeição seguinte. Não me perguntes como mas é assim.

  3. De facto nós não precisamos de sexto sentido para saber se a loiça está suja ou não… bastam 2: Olfacto e Visão, daí ser um bocado esquisito que uma máquina precise de 6…

    No que toca a máquinas de lavar, quanto mais simples e “old fashion” melhor! (normalmente essa coisa dos sextos sentidos e afins é só para justificar mais uns euricos na etiqueta do preço)

Deixe uma resposta