Artesanato Bijutaria Joalharia Tutorials

Oxidar cobre ou prata com sulfureto de potássio

Criei um video sobre a oxidação ou aplicação de patina em cobre ou prata.

O produto quí­mico utilizado chama-se sulfureto de potássio, também conhecido como fí­gado de enxofre. No seu estado natural é formado por umas pedrinhas que podem ser dissolvidas em água quente mas também se comercializa já diluí­do, em estado lí­quido ou em gel. Eu utilizo a versão lí­quida.

Aconselho a utilização de luvas, avental e eventualmente máscara quando se trabalha com este ou outros quí­micos. í‰ essencial utilizar o sulfureto de potássio num local bem ventilado porque o cheiro é muito forte e desagradável e a inalação é desaconselhada e pode causar dores de cabeça ou até tonturas.

As instruções dizem para misturar uma pequena quantidade do lí­quido com água quente mas ao fazer isso o sulfureto de potássio perde a força rapidamente e serve apenas para uma única aplicação. Parece-me um desperdí­cio muito grande porque normalmente só preciso de oxidar uma ou duas peças de cada vez, por isso costumo usar o lí­quido directo da garrafa, sem diluição adicional. Assim, o que sobra pode ser deitado de volta para o frasco e não se perde tanto de cada vez.

Em vez de aquecer a solução aprendi que aquecer o metal funciona igualmente bem. Pode-se colocar o metal em água quente ou aquecer com o maçarico e depois mergulhá-lo no lí­quido ou utilizar um pincel para cobrir o metal com o sulfureto de potássio. A técnica do pincel é particularmente indicada nas situações em que só queremos oxidar certas zonas de uma peça.

Ao por e tirar o metal dentro da solução de sulfureto de potássio devemos evitar a utilização de utensí­lios ferrosos, tais como pinças ou alicates de ferro ou aço, porque o metal reage com o quí­mico, que é corrosivo, e vai enferrujar. O ideal é usar pinças de plástico ou latão.

No final deve-se lavar muito bem o metal para soltar as pequenas partí­culas que se formam na superfí­cie do metal. Há muita informação pela internet que defende que o lí­quido se devia neutralizar com bicarbonato de sódio, mas como são ambos compostos básicos isso não faz sentido.

No final deixo a solução num frasco, a apanhar luz. Quando passa de amarelo para incolor quer dizer que perdeu a força pelo que pode ser deitado pelo cano ou, aparentemente, no jardim, uma vez que é um dos ingredientes na composição dos fertilizantes para plantas.

 

Oxidizing copper or silver with liver of sulfur

I’ve made a video on how to oxidize, or apply patina, to copper or silver.

The chemical compound used in this video is potassium sulfide, also known as liver of sulfur. In its natural state it’s a solid, like little crumbly pebbles, that can be dissolved in hot water. It’s also sold already in liquid form and also as a gel. I use the liquid version.

I strongly advise the use of gloves, apron and perhaps even a mask when working with this or other chemicals. It’s essential to work in a well ventilated ares because the smell is quite strong and unpleasant and inhalation is not advised as it can cause headaches and dizziness.

The instructions for the liquid liver of sulfur say that you should mix a small amount with hot water, but if you do this the liver of sulfur will be weak and lose its strength quickly, so you can only use it once. It seems quite a waste to me because I tend to work in small batches, so I use it directly from the bottle. This way, whatever is left can be poured back into the bottle for next time.

Instead of heating the solution I’ve learned that heating the metal works just as well. You can place the metal in hot water before dipping it into the liver of sulfur or heat it up with a torch and then applying the liver of sulfur with a paintbrush. The brush technique is particularly useful when you only wish to oxidize certain areas.

When you remove the metal from the liver of sulfur you should avoid using ferrous utensils, such as iron or steel tweezers or pliers. Liver of sulfur is a corrosive and will cause your tweezers to rust. Instead, try using plastic or brass tweezers.

After removing the metal from the solution you should wash it thoroughly to get rid of any particles that cover the metal so they won’t be released later on, when in contact with the skin. I’ve seen many recommendations to neutralize the LOS in baking soda but since they’re both basic that makes no sense. Just dilute to make it weaker.

Before throwing away whatever is left of the solution, I usually keep it in a jar for a few days in sunlight until it goes clear. That way I know it’s no longer active and I can throw pour it down the pipes. Apparently you can also water your plants with it as it’s one of the ingredients in plant fertilizers.

You may also like...

1 Comment

  1. Obrigado pelas dicas,um abraço..

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.