Stand-by

Ando a evitar escrever ultimamente. Primeiro porque tive mais uma má notícia que me deixou muito triste (sei que é horrível dizer uma coisa destas e depois não explicar mas as pessoas envolvidas têm direito à sua privacidade).

Também andámos a tentar apanhar outra vez o batimento cardíaco do bebé sem sucesso e por isso acho que estou em modo de espera até amanhã, dia da ecografia. Aquilo que mais me assusta é a ideia que já pode ter acabado e eu ainda não sei. É tudo demasiado frágil e sei como é possível acabar, sem aviso, de um momento para o outro.
Se tenho a mínima razão para dúvidas fico bastante nervosa. Acho que se isto continua vou andar a marcar ecografias semanais só para ter a certeza que ainda está tudo no sítio. Aquela conversa de ‘o normal é correr tudo bem’ não me convence e cada vez tenho mais a atitude de ‘só acredito quando vir’. Afinal ninguém me pode garantir que desta vez vou cair no ‘normal’.

E depois de desabafar sobre todos os medos irracionais viro-me para mim mesma e insulto-me por ser tão estúpida e fraca e que isto não resolve nada.

Deixe uma resposta