Gosto pelo nudismo

Desde que fomos de férias o Tiago descobriu que andar sem roupa é o máximo. Percebi depressa que ele vai mais facilmente ao bacio se não tiver roupa. Se tem fralda ou calções acaba por fazer xixi onde estiver mas se não tiver nada até vai ao bacio por iniciativa própria. Por isso, quando está em casa começou a recusar a fralda e eu deixo-o andar semi-nu grande parte do tempo.

No sábado a Carla veio fazer-nos uma visita e o Tiago esteve a fazer show-off. Falou com ela, riu-se, entregava-lhe o copo de água em vez de o dar a mim e a certa altura desapareceu um bocadinho e voltou com a fralda com cocó na mão para ir deitar no lixo – ou seja, o cocó continua a ser na fralda mas depois tira-a sozinho e vai deitá-la fora.

Na sexta feira, quando voltávamos da escola, passámos por um polícia que achou piada ao Tiago e meteu conversa com ele. O Tiago respondeu com o seu habitual discurso ‘tapata’ que ninguém compreende e depois levantou a camisola e apontou para o umbigo. No sábado passou a nu total – quando voltámos do lanche a primeira coisa que o Tiago fez foi despir-se completamente para a Carla. Nota-se que tem um gozo enorme na reacção das pessoas 🙂
Ainda estou à espera do dia em que resolve despir-se no meio da rua.

Esta manhã consegui convencê-lo a fazer o xixi no bacio sem gritar mas vestir-se e ir para a escola já não correu tão bem. Não queria sair do meu colo e ficou a chorar novamente, com um ar muito sofrido.

Durante o fim de semana não quis sair de casa. Tentámos várias vezes vesti-lo para sair e ele recusou-se sempre. Como a ideia de sair era para ele se divertir, já que estávamos ambos exaustos e só queriamos era voltar para a cama, achámos que não valia a pena estar a forçá-lo e a criar uma grande birra.

Deixar uma resposta