Férias e móveis

O Pedro tirou uma semana de férias no final de Abril. Felizmente desta vez não ficou doente. Por outro lado, não foi propriamente só descanso.

Começámos por ir à exposição de LEGO, no sábado, dia 27. Estava muito gira e como fomos de manhã ainda não tinha muita gente.

A Joana adorou os comboios e teria ficado a olhar para aquilo horas a fio, mas recusou-se a saltar do colo e teve algum medo dos bonecos de LEGO que eram maiores que ela. Anda na fase dos medos – medo de formigas, medo do escuro, medo de cães, you name it.

office2O Tiago gostou particularmente do Garfield de LEGO e insistiu em tirar uma foto com o seu ipod que agora usa como background. Apaixonou-se por um kit de uma estação submarina que custou os olhinhos e acabei por ser eu e o pai a montar. Aquilo também dizia que era para 8 a 14 anos, mas mesmo assim ele gosta é de brincar com as coisas feitas e não perder tempo a montar. Felizmente eu gosto de montar os kits. Preferia é não ter de o fazer no chão do quarto dele porque fico com as costas num 8.

Aproveitei ainda para comprar umas caixas de janelas e peças de telhado porque nunca comprámos nenhum kit de casinhas e ando há imenso tempo com vontade de construir uma.

Na segunda feira, dia 29, fomos ao IKEA comprar móveis novos para o quarto do Tiago e estantes e uma cadeira para o meu estúdio. Entre materiais, bijutaria, ferramentas, computador e impressoras, etc, já não tinha arrumação suficiente.

quarto_novo_tiagoPara o Tiago comprámos uma cama alta e uma secretária para por por baixo. A ideia era ver se ele passava a desenhar no quarto porque a sala estava sempre um caos. Até agora tem funcionado bem. A cama foi um sucesso e assim que conseguimos convencer a Joana que não podia subir, não tem sido um grande problema.

A parte mais complicada é fazer a cama porque é preciso estar em cima do colchão e depois em cima de uma cadeira para terminar. Paciência. Ganha-se espaço e é divertido, o resto é secundário.

É claro que com isto, e apesar de eu ter prometido a mim mesma que não ia passar a semana a montar móveis, foi bastante mais cansativo do que umas férias deveriam ser mas era a única oportunidade que tínhamos de resolver estas questões e acho que valeu a pena.

Buffy shelfTambém aproveitei para criar finalmente as prateleiras temáticas que queria fazer desde que nos mudámos. Ainda não está tudo arrumado no Hall mas gosto das três que já estão.

No fim de semana passado, e depois de uma semana com a Joana a acordar às 3 da manhã a gritar “MÃÃÃÃÃÃÃÃÃEEEEEEEEE!”, resolvemos substituir também a cama dela, ou seja tirá-la da cama de grades. Herdou a antiga cama do Tiago, que decorou com cromos da Hello Kitty, e continua a acordar a meio da noite mas pelo menos já não grita. Agora levanta-se e vai-se sentar à porta do nosso quarto. Não sei porque é que não entra para ir ter connosco. É tão silenciosa que eu geralmente nem acordo.

quarto_joanaEsta noite, quando o Pedro se levantou pelo que presumo ser a segunda vez, é que eu acordei e fui deitar-me um bocado ao lado dela, como todas as noites. Ainda não eram quatro da manhã. Deito-me aos pés da cama para poder levantar-me depois sem a acordar. Se ficar mesmo ao lado dela nem posso mexer-me sem ela abrir os olhos. Às sete já estava levantada outra vez.

Esta fase é tramada. O Tiago só parou de levantar-se a meio da noite quando mudámos de casa. Antes disso vinha para a nossa cama todas as noites. Não tinha saudades nenhumas de noites interrompidas meses a fio.

Espero que esta fase não dure muito.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.