Aprovação filial

No sábado à tarde fomos à casa nova com um dos empreiteiros que nos fez orçamento para rever pormenores e alterações. Esperamos receber brevemente o orçamento final para se começar a partir aquilo tudo. Estou desejosa 🙂

Levámos o Tiago. Não sabia como ele ia reagir e estava um bocado preocupada porque a casa está tão cheia de tralha que sabia que ia ter de andar atrás dele o tempo todo para que não mexesse em nada perigoso. A reação do Tiago não podia ser melhor. Quando chegou ao terraço até deu uma gargalhada e passou o resto do tempo a correr em circuito à volta da casa todo feliz. Está aprovada.

No domingo de manhã voltei à casa para revisão do outro orçamento e agora vai ser roer as unhas até receber as propostas revistas, sempre com esperança que não demore muito, porque até conseguirmos mudar-nos e vender esta casa vamos estar a gastar mais do que ganhamos, o que nunca é bom para a situação financeira. Pagar uma casa, OK. Pagar duas, só mesmo para quem tem muita massa. Se fosse só o empréstimo tudo bem mas é sempre mais o condomínio, os seguros e agora o IMI desta casa que deixa de ter isenção.

Mas continuo muito optimista e entusiasmada com o projecto e acho que a casa merece. Tem muita luz e espaço e consigo ver-me a viver ali até deixar de conseguir subir as escadas de entrada ao prédio. E mesmo nessa altura monta-se uma daquelas cadeiras elevador e está resolvido o problema 🙂

Deixe uma resposta